São Paulo Responsável pela limpeza joga jato d'água em morador de rua  em SP

Responsável pela limpeza joga jato d'água em morador de rua  em SP

Órgão disse, por meio de nota, que se comprovada a agressão, irá multar a empresa terceirizada e solicitar o desligamento imediato do trabalhador

Morador em situação de rua é molhado por funcionário da prefeitura

Morador em situação de rua é molhado por funcionário da prefeitura

Reprodução

Um funcionário de uma empresa que presta serviço para a Prefeitura de São Paulo foi visto jogando um jato de água com uma mangueira em uma pessoa em situação de rua, na manhã desta terça-feira (13), na alameda Cleveland, no centro da capital paulista. 

Nas imagens é possível ver uma pessoa toda coberta, deitada na calçada, sendo molhada com um jato forte de água. Logo em seguida, duas mulheres, com um colete da assistência social, impedem o funcionário de continuar jogando água. A pessoa em situação de rua se levanta e, aparentemente, deixa o local.

Por meio de nota, a prefeitura diz que "repudia atos de violência e que está apurando as imagens e os depoimentos dos funcionários que trabalhavam no local". Se comprovada a agressão, a Amlurb (Autoridade Municipal de Limpeza Urbana) irá "multar a Inova [empresa terceirizada] e solicitar o desligamento imediato do funcionário".

Ainda nesta tarde (13), a prefeitura enviou um posicionamento do secretário das Prefeituras Regionais Cláudio Carvalho: “Eu não aceito isso, é desumano, e o prefeito também não aceita isso, por isso vamos tomar todas as atitudes que estão ao nosso alcance para punir os responsáveis.” Ele determinou à Amlurb, gestora do contrato com a Inova, que multe a empresa e exija o desligamento imediato do funcionário.

    Access log