Coronavírus

São Paulo Ribeirão Pires torna obrigatória vacinação contra Covid a servidores

Ribeirão Pires torna obrigatória vacinação contra Covid a servidores

Funcionários que não apresentarem comprovante receberão falta grave e não poderão ir ao trabalho até se vacinarem

Servidores de Ribeirão Pires terão até 5 de novembro para apresentar comprovantes

Servidores de Ribeirão Pires terão até 5 de novembro para apresentar comprovantes

Divulgação/Governo de SP - 27.02.2021

A Prefeitura de Ribeirão Pires publicou decreto nesta segunda-feira (25) que torna obrigatória a vacinação contra Covid-19 a todos seus servidores públicos, que deverão entregar o comprovante de vacinação até o dia 5 de novembro para a gestão municipal.

"A recusa, sem justa causa, será caracterizada como falta disciplinar grave, passível de sanções", informou a gestão, liderada pelo prefeito Clovis Volpi (PL). A lista dos que não se vacinaram será encaminhada ao departamento de recursos humanos da prefeitura até o dia 10 de novembro. 

Além da possível punição por recusar a vacina até o dia 5 de novembro, os servidores que não se imunizaram não poderão ir trabalhar, o que contará como falta. "Em caso de 30 faltas consecutivas, será aberto um processo administrativo para apurar a responsabilidade funcional", completou a prefeitura.

Segundo o Vacinômetro do R7, 37,4 milhões dos moradores do estado de São Paulo (80,28% da população) estão vacinados com a primeira dose. Outros 30,6 milhões receberam a segunda dose ou a dose única, o que representa 65,78% da população. 

Últimas