Coronavírus

São Paulo Saiba como se inscrever para a xepa da 2ª dose na cidade de SP

Saiba como se inscrever para a xepa da 2ª dose na cidade de SP

Município reduzirá intervalo entre doses a quem receberem a vacina sobrante. Prefeito assegurou que medida é segura

  • São Paulo | Do R7

Virada aplicou mais de 17 mil doses entre madrugada de sábado e domingo

Virada aplicou mais de 17 mil doses entre madrugada de sábado e domingo

Rovena Rosa/Agência Brasil

Com o alcance de 98,5% da população adulta da cidade de São Paulo vacinada contra a covid-19 com a primeira dose, sobretudo após a “Virada da Vacina”, que no fim de semana acelerou o cronograma de imunização, a prefeitura abre hoje as inscrições para a chamada ‘xepa’ da segunda dose. O anúncio ocorreu na última quinta-feira (12).

Antes, os imunizantes sobrantes eram destinados para adiantar a primeira aplicação. A partir de agora, com o objetivo de concluir o esquema vacinal de mais pessoas em menos tempo, aqueles e aquelas que moram na capital paulista podem se inscrever em uma das 468 UBSs (Unidades Básicas de Saúde) do município para serem convocadas.

Confira a lista das UBSs paulistanas aqui.

Além da apresentação do comprovante de residência e de documento com foto, o requisito para receber a xepa da segunda dose é ter tomado a primeira dose da AstraZeneca ou da Pfizer há pelo menos 60 dias – normalmente, o tempo entre doses para estas é de três meses no Brasil. Para quem recebeu a CoronaVac, que possui um intervalo de 28 dias, o período é de no mínimo 15 dias.

Em entrevista à Live JR na última sexta-feira (13), o prefeito Ricardo Nunes (MDB) garantiu que não há riscos para a antecipação do intervalo entre as doses. “Não faríamos nada que não fosse cientificamente comprovado”, disse ele.

A aplicação da xepa funcionará da mesma forma em que ocorria com as primeiras doses: ao fim do dia, cada UBS checará a disponibilidade de seus imunizantes e entrará em contato com os usuários das áreas de sua abrangência, desde que atendam aos critérios de intervalo entre doses.

A SMS (Secretaria Municipal de Saúde) orienta que nenhuma dose de vacina seja desperdiçada.

Últimas