São Paulo Santa Casa de Bariri (SP) tem gastos públicos suspeitos, aponta MP-SP

Santa Casa de Bariri (SP) tem gastos públicos suspeitos, aponta MP-SP

Hospital está sob intervenção municipal até o esclarecimento das informações sobre o destino do dinheiro do cofre público

  • São Paulo | Do R7

Irmandade Santa Casa Misericórdia de Bariri (SP)

Irmandade Santa Casa Misericórdia de Bariri (SP)

Google Street View - 01.05.2021

O MPSP (Ministério Público de São Paulo), informou nesta quinta-feira (6) que vem acompanhando gastos públicos suspeitos realizados pela Santa Casa de Bariri (SP). A ação começou após um inquérito instaurado pela Promotoria de Justiça do município contra a instituição.

O Ministério Público investiga as medidas de transparência do órgão e está acessando dados envolvendo gastos públicos ligados à requisição administrativa da Santa Casa, assim como gastos específicos para o combate à covid-19. A instituição está sob intervenção municipal até segunda ordem.

O prefeito de Bariri e interventor da Santa Casa foi interrogado para explicar por qual razão a entidade não tem dado a devida atenção aos tramites legais e constitucionais para contratações públicas.

Os promotores do MPSP requerem ainda relação detalhada de todos os recursos públicos destinados ao órgão entre janeiro, fevereiro, março e abril deste ano, além de esclarecimentos sobre a contratação de assessoria jurídica pela entidade, com custo mensal estimado em R$ 12.000,00.

O MP disse, ainda, que há outras diligências e informações foram solicitadas também ao ex-prefeito de Bariri, que detinha a responsabilidade primária sobre a intervenção, já que era o responsável pelo local.

Últimas