Coronavírus

São Paulo São Bernardo (SP) antecipa vacina para público de 38 e 39 anos

São Bernardo (SP) antecipa vacina para público de 38 e 39 anos

É necessário o agendamento para receber o imunizante e pode ser feito pelo portal da prefeitura ou o app SBC na Palma da Mão

  • São Paulo | Do R7

São Bernardo (SP) antecipa vacinação e imuniza pessoas de 38 e 39 anos a partir desta sexta-feira (2)

São Bernardo (SP) antecipa vacinação e imuniza pessoas de 38 e 39 anos a partir desta sexta-feira (2)

Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil - 19.06.2021

A prefeitura de São Bernardo antecipou o calendário de imunização contra a covid-19 e iniciou, nesta sexta-feira (2), a vacinação de pessoas de 38 e 39 anos.

O agendamento é obrigatório e pode ser realizado no portal da prefeitura ou no aplicativo SBC na Palma da Mão. Além do cadastro no portal, a cidade recomenda preencher os dados no site Vacina Já, do governo do estado, para agilizar o atendimento no dia da aplicação.

As doses continuam sendo aplicadas também em pessoas com 40 anos ou mais e os demais grupos prioritários, que por alguma razão ainda não tenham recebido a imunização.

A cidade mantém o sistema de vacinação, das 8h às 12h e das 13h às 17h, em cinco postos avançados:

- Paço Municipal (drive-thru - praça Samuel Sabatini, 50, Centro)
- Ginásio Poliesportivo Adib Moysés Dib (Avenida Kennedy, 1.155, Parque Anchieta)
- Ginásio Poliesportivo do Jardim das Orquídeas (Estrada do Poney Club, 90, Alvarenga)
- Ginásio Poliesportivo do Riacho Grande (Rua Marcílo Conrado, 210, Riacho Grande)
- Clube dos Meninos (Av. Caminho do Mar, 3222, Rudge Ramos)

Final da fila

Desde a última quinta-feira (1), a prefeitura de São Bernardo passou a adotar novo protocolo para pessoas que recusarem a vacina contra a covid-19 em razão da marca do imunizante.

Quem desistir de se vacinar terá que aguardar o final do processo de imunização de toda a população adulta para ter acesso novamente à dose de proteção contra a doença.

A medida exige a assinatura do termo de "recusa e responsabilidade" por quem se negar a receber a aplicação da vacina e ficará anexado ao prontuário da pessoa na rede municipal de saúde. No primeiro dia de vigência da medida, 20 pessoas se recusaram a receber a dose. Todas assinaram o termo e foram para o final da fila.

Últimas