São Bernardo (SP) quer restringir circulação de idosos por coronavírus

Prefeitura da cidade do ABC pretende aplicar multas de R$ 200 em quem descumprir a quarentena. Medida passa a valer a partir deste domingo (29)

Prefeitura de São Bernardo do Campo quer restringir circulação de idosos

Prefeitura de São Bernardo do Campo quer restringir circulação de idosos

ALESSANDRO BUZAS/ FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

A Prefeitura de São Bernardo do Campo, no ABC Paulista, quer restringir a circulação de idosos com mais de 60 anos de idade nas ruas do município a partir deste domingo (29) por causa da pandemia de coronavírus. As informações são da Record TV.

Leia mais: Frota de ônibus no Grande ABC é reduzida, mas não vai parar

O prefeito Orlando Morando (PSDB) vai autorizar em decreto a proibição de circulação na cidade sem que haja uma boa justificativa. Exceções como ida a hospitais, postos de saúde, fazer exames ou compras em farmácias e mercados, caso não tenham quem faça, serão permitidas.

Veja também: São Paulo tem cerca de 10% dos pacientes com covid-19 em UTI

Se o idoso desrespeitar a medida, poderá ser multado em R$ 200. Agentes da prefeitura estarão nas ruas para fiscalizar e abordar as pessoas com mais de 60 anos durante a quarentena de combate à propagação do coronavírus.