Coronavírus

São Paulo São Paulo anuncia vacinação de idosos de 68 anos para 5 de abril

São Paulo anuncia vacinação de idosos de 68 anos para 5 de abril

Nesta sexta-feira (26), idosos de 69, 70 e 71 anos já começaram a se vacinar contra a covid-19 em todo o estado 

  • São Paulo | Fabíola Perez, do R7

Governo de SP anuncia nova faixa etária para início da vacinação

Governo de SP anuncia nova faixa etária para início da vacinação

Governo do Estado de São Paulo - 19.03.2021

O governo de São Paulo vacinará pessoas com 68 anos a partir de 5 de abril.  O anúncio foi feito pelo vice-governador na manhã desta sexta-feira (26), durante coletiva de imprensa, no Palácio dos Bandeirantes. O governo espera vacinar 360 mil pessoas nesta faixa etária.

Nesta sexta-feira, idosos de 69, 70 e 71 anos já puderam começar se vacinar contra a covid-19. Segundo o governo, a expectativa é imunizar 910 mil pessoas nesta faixa etária contra a doença em todo o estado.

Inicialmente, a vacinação estava prevista para o dia 29 de março e já havia sido antecipada para o dia 27. A data foi novamente antecipada em anúncio feito na quarta-feira (25) pelo governo do estado, por conta da logística e da entrega de novas doses das vacinas.

Na capital paulista, a população desta faixa etária pode procurar os 18 pontos drive-thru. A vacinação também acontece nos postos fixos. Ao todo, são 468 UBS (Unidades Básicas de Saúde) que atendem de segunda a sexta, das 7h às 19h. Os idosos ainda podem ser vacinados nas AMAs/UBSs Integradas que funcionam no mesmo horário, inclusive aos sábados.

Há também os 17 SAEs (Serviços de Atenção Especializada) e o serviço também é oferecido nos três centros-escolas, de segunda a sexta, das 8h às 17h. Mais informçaões podem ser consultadas no site da prefeitura.

De acordo com o vacinômentro, até o momento, 5.350.758 doses foram aplicadas em todo o estado, sendo 4.001.739 de dose e 1.349.01 de segunda dose.

Pré-cadastro no Vacina Já

Para agilizar a vacinação, os interessados podem realizar um pré-cadastro no site Vacina Já. O acesso pode ser feito pelos familiares dos idosos ou qualquer pessoa que integra os públicos previstos na campanha de imunização.

A ferramenta ajuda a agilizar o atendimento e a evitar aglomerações. De acordo com a secretaria estadual de Saúde, o cadastro não é um agendamento e o uso não é obrigatório, mas utilizá-la contribui para melhorar a dinâmica dos serviços de saúde e o atendimento à população.

Últimas