São Paulo libera visitação em cemitérios em feriado de Finados

Centro de contingência da Covid-19 permite visitação em cemitério no dia 2 de novembro, feriado de Finados. Mas decisão final será de cada município

SP autoriza visitação em feriado de Finados

SP autoriza visitação em feriado de Finados

RENATO S. CERQUEIRA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

O Centro de Contingência do Coronavírus de São Paulo autorizou a visitação a cemitários no feriado de Finados, dia 2 de novembro. O anúncio foi feito nesta segunda-feira (26) durante coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes. "O centro não estabeleceu nenhuma restrição de visitação de cemitérios para o dia 2 de novembro", afirmou João Doria, governador do estado.

Leia mais: Justiça de SP desbloqueia R$ 29 milhões do governador João Doria

"Mas quando ingressarem nos cemitérios, usem máscaras, mantenham o distanciamento social e cumpram os protocolos de higiene. A decisão final (sobre a visitação) cabe a cada município", afirmou o governador. 

João Doria afirmou que a 2ª onda de covid-19, que atinge alguns países da Europa, deve servir de alerta para o Brasil, sobretudo, para São Paulo. "Estamos na 12ª em queda de casos, mas isso não nos impede de seguir as recomendações da saúde. Defendemos também todas as vacina qualificadas como efeicazes pela Anvisa", afirmou o governador.

Cursos de qualificação

O governador anunciou ainda que São Paulo oferecerá 240 mil vagas em cursos de qualificação gratuitos dos programas Via Rápida, Novotec, São Paulo Criativo, SP Tech e Empreenda Rápido. "São mais de 30 opções de cursos divididos em qualificação para o mercado de trabalho e empreendedorismo com 140 mil vagas, criando oportunidades para pessoas abrirem seu próprio negócio."

Veja mais: SP registra 6 mortes por covid-19, como no 5º dia da pandemia

Os cursos virtuais, remotos e presenciais estarão disponíveis nos 645 municípios do estado. O anúncio faz parte do Retomada 21/22, plano anunciado dia 16 para impulsionar a economia do estado.

"Essa é a maior oferta de vagas gratuitas para qualificação profissional já feita em São Paulo. O Governo de São Paulo, através destes cursos, cria oportunidade para milhares de pessoas abrirem o seu próprio negócio. E pessoas que são qualificadas têm mais chances de obter empregos com melhores condições salariais", disse Doria.

A medida será realizada pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, em parceria com o Centro Paula Souza, Senac, Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp), Sebrae, entre outros.

Os cursos estão divididos em dois pilares: qualificação profissional e empreendedorismo, para jovens e adultos. São mais de 30 opções de cursos em áreas como varejo, gestão, tecnologia, economia criativa e idiomas.

As aulas serão realizadas em formato online (teleaula e autoinstrucional) ou presencial. As inscrições estão abertas e são feitas virtualmente.

“Durante a realização do Mutirão de Emprego, no mês passado, foi identificado que quem realizou o cadastro demonstrou interesse em fazer um curso de qualificação, desta forma, para ajudar mais pessoas, disponibilizamos vagas para quem desejam se qualificar ou gostaria de aprender uma nova profissão”, afirmou a Secretária de Desenvolvimento Econômico Patricia Ellen.

“O Sebrae-SP tem se empenhado, a cada dia, na inclusão produtiva, com inserção de pessoas no mundo do trabalho, por meio do empreendedorismo. Esta é, portanto, uma estratégia que permite não somente diminuir a exclusão social, mas também aumentar a produtividade do país", afirmou Wilson Poit.

"A capacitação adequada vai propiciar que os empreendedores tenham mais sucesso em seus negócios com ferramentas de gestão adequadas. Com o programa Empreenda Rápido vamos oferecer o conhecimento necessário para dar esse passo", disse Poit.