Novo Coronavírus

São Paulo São Paulo pode chegar a 720 mil casos de covid-19 até 15 de agosto

São Paulo pode chegar a 720 mil casos de covid-19 até 15 de agosto

Mesmo com diminuição de morte há duas semanas consecutivas, estado pode ter novas infecções na próxima semana, segundo governo estadual

Estado de São Paulo registrou 560.218 casos até esta segunda-feira (3)

Estado de São Paulo registrou 560.218 casos até esta segunda-feira (3)

Bruno Rocha/Fotoarena/Estadão Conteúdo - 17.6.2020

O Centro de Contingência do Coronavírus em São Paulo estima que, até o dia 15 de agosto, o estado tenha entre 620 mil e 720 mil casos confirmados de covid-19. Até essa mesma data, o centro acredita que o novo coronavírus possa ter tirado a vida de 26 mil a 31 mil pessoas.

Leia mais: Mortes e internações por covid-19 caem pela 2ª semana em SP

O estado de São Paulo contabiliza, até hoje (03), 560.218 casos confirmados do novo coronavírus, com 23.365 mortes. Segundo o governo de São Paulo, o estado registrou nesta segunda-feira (3)queda no número de óbitos e internações por coronavírus pela segunda semana consecutiva. 

Segundo o governo, na semana de 19 a 25 de julho, SP registrou 1.870 óbitos. Na semana de 26 de julho a 1º de agosto, o número caiu para 1.719, 151 vítimas a menos. No mesmo período, houve uma queda de 2,5% no número de internações. Na primeira semana, de 19 a 25 de julho, foram 12.874 internações. Na semana até 1º foram registradas 12.551 internações. O números indicam menos 323 pessoas internadas.

Novo coordenador

O governador de São Paulo, João Doria, anunciou hoje (3) o médico nefrologista e diretor do Hospital do Rim, José Medina, como novo coordenador do Centro de Contingência do Coronavírus. Ele substituirá Paulo Menezes.

O cargo de coordenador do centro geralmente é ocupado pelo período de 15 dias. O Centro de Contingência é formado por médicos e especialistas da área da saúde e discute e orienta as ações do governo paulista com relação ao novo coronavírus.

Últimas