Novo Coronavírus

São Paulo São Paulo recebe doação de 30 mil máscaras de governo da China

São Paulo recebe doação de 30 mil máscaras de governo da China

Equipamentos de proteção, que vieram de Shenzen, serão destinados aos hospitais municipais para uso dos profissionais de saúde durante pandemia

Governo chinês doou 30 mil máscaras para profissionais de saúde de SP

Governo chinês doou 30 mil máscaras para profissionais de saúde de SP

Pixabay

A Prefeitura de São Paulo recebeu uma doação de 30 mil máscaras do governo municipal de Shenzen, na China, destinadas aos hospitais municipais para o combate ao novo coronavírus na cidade. Elas serão usadas pelos profissionais de saúde que estão na linha de frente no enfrentamento à covid-19.

Leia mais: São Paulo tem primeiro final de semana do novo rodízio de veículos

A ação ocorreu por meio de uma articulação da equipe internacional da prefeitura com o escritório de Relações Internacionais do governo de Shenzhen e contou com o apoio da empresa nacional PGL Logística, responsável pelo suporte logístico da doação. O material foi entregue à Secretaria Municipal da Saúde nesta quinta-feira (14) e será destinada às ações da prefeitura no tratamento dos pacientes com covid-19.

Segundo o secretário de Relações Internacionais, Luiz Alvaro Salles Aguiar de Menezes, “todas as determinações do prefeito Bruno Covas tem como prerrogativa preservar a saúde e as vidas da população da cidade diante do cenário atual. A equipe internacional tem encontrado apoio nas comunidades estrangeiras para alcançar esse objetivo”.

Veja também: ONG distribui 4 mil refeições para moradores de rua de SP e Osasco

Relações bilaterais            

Atualmente, a comunidade chinesa em São Paulo é composta por aproximadamente 250 mil pessoas, incluindo os descendentes. De acordo com a prefeitura, "as relações de amizade e cooperação entre a prefeitura e o governo chinês por meio do Consulado-Geral da China em São Paulo têm se adensado e refletem na ampliação de mecanismos de cooperação com os governos municipais de diversas cidades chinesas".

Leia ainda: TJ-SP nega pedido contra novo rodízio e critica meme em petição

Recentemente, São Paulo também recebeu a doação de 50 mil máscaras e mil uniformes de proteção especial do Banco da China, e outras 50 mil máscaras da cidade de Xangai, que mantém acordo de cidade-irmã desde 1988.

Últimas