Novo Coronavírus

São Paulo São Paulo tem 1.093 mortes por covid-19 e 15.385 casos confirmados

São Paulo tem 1.093 mortes por covid-19 e 15.385 casos confirmados

Mortes continuam concentradas em pacientes com 60 anos ou mais, totalizando 77,8%. Cerca de 6 mil pacientes estão internados 

  • São Paulo | Do R7

Estado planeja flexibilizar quarentena a partir de 11 de maio

Estado planeja flexibilizar quarentena a partir de 11 de maio

Roosevelt Cassio/Reuters

O estado de São Paulo registra 1.093 mortes e 15.385 casos confirmados de covid-19, de acordo com balanço divulgado pelo governo nesta terça-feira (21). Há 97 cidades com pelo menos uma vítima fatal doença.

Saiba como se proteger e tire suas dúvidas sobre o novo coronavírus

Cerca de 6 mil pacientes, suspeitos e confirmados, estão internados em UTI e enfermarias de hospitais em todo o estado.

Entre as vítimas fatais, 642 são homens e 451, mulheres. As mortes continuam concentradas em pacientes com 60 anos ou mais, totalizando 77,8%.

A taxa de mortalidade é maior entre pacientes de 70 a 79 anos (284 do total), seguida pelos de 60 a 69 anos (243) e de 80 a 99 (234). Também faleceram 90 pessoas com mais de 90 anos. Fora desse grupo de idosos, há também alta mortalidade entre pessoas de 50 a 59 anos (130 do total), seguida pelas faixas de 40 a 49 (65), 30 a 39 (36), 20 a 29 (8) e 10 a 19 (3).

Os principais fatores de risco associados à mortalidade são cardiopatia (61,5% dos óbitos), diabetes mellitus (42,9%), pneumopatia (14,2%), doença neurológica (11,7%) e doença renal (10,8%). Outros fatores de risco - identificados em 928 das vítimas fatais, ou 84,9% do total -, são imunodepressão, obesidade, asma e doenças hematológica e doença hepática. 

Últimas