Sapopemba, na zona leste de SP, chega a 437 óbitos por covid-19

Distrito lidera ranking de casos, segundo boletim epidemiológico divulgado pela prefeitura. Em segundo lugar está a Brasilândia, com 368 mortes

Sapopemba, na zona leste de SP, chega a 437 óbitos por covid-19

Sapopemba, na zona leste de SP, chega a 437 óbitos por covid-19

Divulgação / Projeto Fazenda da Juta

O distrito de Sapopemba, na zona leste de São Paulo, registra o maior número de óbitos confirmados ou suspeitos por covid-19 na cidade. Já são 437 mortes pela doença, segundo o boletim epidemiólogico divulgado nesta terça-feira (4) pela prefeitura.

A região lidera o ranking que compreende os casos entre 11 de março e 3 de agosto. A Brasilândia, na zona norte, que já foi o distrito com mais mortes pela doença no início da pandemia, agora aparece na segunda posição, com 368 mortes.

Leia mais: São Paulo pode chegar a 720 mil casos de covid-19 até 15 de agosto

Os distritos do Grajaú, Sacomã e Jardim Ângela, todos na zona sul, aparecem na sequência com 360, 330 e 327 óbitos por covid-19, de acordo com a prefeitura de São Paulo.

Apesar da quarentena decretada pelo governo para evitar a propagação do novo coronavírus, muitos moradores ignoram os riscos e não usam máscaras. Festas e aglomerações são comuns nestas áreas. Em alguns endereços ocorrem também bailes funk. A rotina era normal mesmo antes da flexibilização, com o avanço da cidade para a fase amarela do Plano São Paulo.

Veja também: Mortes e internações por covid-19 caem pela 2ª semana em SP

Já o distrito com menos mortes pela covid-19 é Marsilac, com 12 óbitos. A região fica no extremo sul da capital paulista e tem uma extensa área rural e de florestas.

Quando se analisa a área da cidade com menos mortes durante a pandemia se destaca a região central. A Sé e o Pari registram 32 óbitos cada. Em contrapartida, o distrito de Santa Cecília tem 123 mortes por covid-19.

Leia ainda: Em pandemia, crianças ficam em casa e esvaziam PS infantil de SP

A região oeste da capital também não tem números alarmes de mortes por covid-19 no comparativo com outras áreas da cidade. O distrito do Rio Pequeno tem 136 óbitos enquanto a Barra Funda tem 23.  

Boletim epidemiológico da covid-19 por distritos da capital paulista

Boletim epidemiológico da covid-19 por distritos da capital paulista

Divulgação / Prefeitura de SP