São Paulo Secretaria critica fiscalização de políticos em hospital de Guarulhos

Secretaria critica fiscalização de políticos em hospital de Guarulhos

Órgão estadual classifica como 'lamentável' fiscalização surpresa de parlamentares em hospital em meio à pandemia

  • São Paulo | Marcos Rosendo, da Agência Record

Deputados fizeram fiscalização surpresa em Hospital Geral de Guarulhos

Deputados fizeram fiscalização surpresa em Hospital Geral de Guarulhos

Divulgação Twitter

A secretaria estadual de saúde de São Paulo condenou a presença de políticos com câmeras na tarde da sexta-feira (16), no Hospital Geral de Guarulhos, em ato de fiscalização supresa em meio à pandemia do coronavírus.

O deputado estadual Arthur do Val (Patriota) e o vereador por Guarulhos Lucas Sanches (PP) fizeram uma visita surpresa ao hospital Pimentas alegando que estavam no local para fiscalizar as verbas destinadas para o combate à pandemia de covid-19.

O vereador e o deputado estadual visitaram alas do hospital e conversaram com pacientes que aguardavam atendimento. A fiscalização surpresa foi criticada pela secretaria estadual de Saúde, que administra o hospital alegando que a comitiva dos políticos causou aglomeração e risco aos profissionais de saúde e pacientes.

A secretaria estadual de saúde de São Paulo considerou o episódio desta sexta-feira (16) 'triste e lamentável' e frisou que a conduta destoa do que se espera de autoridades públicas. O Hospital Geral de Guarulhos tem hoje 60 pacientes internados com quadros graves da COVID-19, sendo 27 em enfermaria e 33 em UTI.

Por meio das redes sociais, o deputado Arthur do Val afirmou que escolheu o local porque mandou emendas para o hospital. "É importante veririficar o trabalho. O resultado foi positivo. Claro que há o primeiro choque quando a gente chega em uma fiscalização surpresa. Mas, em nenhum momento, usamos de grosseria e quando eles disseram 'aqui não pode entrar' nós não entramos."

Últimas