Novo Coronavírus

São Paulo Secretário de Segurança de São Paulo é diagnosticado com covid-19

Secretário de Segurança de São Paulo é diagnosticado com covid-19

General João Camilo Pires de Campos está com covid-19. Segundo governo de SP, ele está assintomático e cumpre quarentena em sua casa

  • São Paulo | Do R7

General Campos é diagnosticado com covid-19

General Campos é diagnosticado com covid-19

General João Camilo Pires de Campos

O secretário de Segurança Pública de São Paulo, João Camilo Pires de Campos, foi diagnosticado com covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus. A informação foi confirmada pelo governador do Estado, João Doria, na coletiva de imprensa desta sexta-feira (19), no Palácio dos Bandeirantes.

Leia também: "Não podemos compactuar com o abuso", diz ouvidor de polícia de SP

"Hoje pela manhã, recebi meu 5º teste, que deu negativo. Fiz isso porque nosso secretário de segurança pública, o general Campos, testou positivo. Ele está assintomático e está em casa em quarentena", disse o governador. Doria explicou ainda que realizou o teste para diagnosticar a covid porque ambos participaram da reunião do Conselho de Segurança Pública no Estado de São Paulo.

Cidades regridem no Plano SP

O governador de São Paulo João Doria afirmou também, nesta sexta-feira (19), que duas regiões do interior do Estado retrocederam no plano de reabertura das atividades econômicas, o chamado Plano São Paulo. "Hoje temos regressão. Nosso comitê determinou a reclassificação de duas regiões dentro do plano São Paulo", afirmou.

Leia mais: Bruno Covas afirma que "está bem, sem dor" apesar da covid-19

"As regiões Marília e Registro tiveram um aumento significativo de internações. Em Marília, 51% e em Registro, 67% de crescimento no número de internações. Esse crescimento aponta um excesso no sistema de saúde. Essas duas regiões retrocederam e estão classificadas no vermelho", afirmou Carlos Carvalho, coordenador do Comitê de Contingenciamento da Covid-19 no Estado.

Com a mudança, o estado de São Paulo tem cinco regiões em quarentena mais rígida e classificadas na fase vermelha. São elas: Barretos, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Marília e Registro.

Segundo ele, a situação de Campinas e Sorocaba aponta para a possibilidade de um grande número de casos para o sistema de saúde dos municípios. "Estão entrando em uma zona mais perigosa. Esses prefeitos podem promover um fechamento das atividades de forma antecipada." O governador João Doria lembrou ainda que a quarentena em São Paulo é válida até o dia 28 de junho.

Últimas