São Paulo Seguranças são baleados e mortos após feira de imigrantes em SP

Seguranças são baleados e mortos após feira de imigrantes em SP

Atirador fugiu e, até o momento, não foi localizado. Testemunhas serão ouvidas pela polícia para ajudar na identificação

  • São Paulo | Rodrigo Balbino, da Agência Record

Assassinato de seguranças em feira de imigrantes na zona leste é investigado

Assassinato de seguranças em feira de imigrantes na zona leste é investigado

Reprodução Record TV

Dois seguranças morreram após serem baleados, no Brás, Centro de São Paulo, na tarde deste domingo (31). Os homens faziam escolta para os comércios da região. Uma pessoa disparou em direção aos dois vigilantes, no cruzamento das ruas Coimbra e Bresser.

O atirador fugiu e, até o momento, não foi localizado. Testemunhas serão ouvidas a fim de auxiliar na identificação. 

O Grupo Especial de Atendimento a Local de Crime (Geacrim), do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa, foi ao local, que foi preservado e passou por perícia, para coletar vestígios e conversar com testemunhas.

A motivação das mortes ainda não foi esclarecida, tampouco, se há relação com a execução de um homem, que fazia compras em uma feira, na mesma região.

A equipe da Record TV esteve no local e tentou falar com os comerciantes, mas muitos estavam com medo e disseram que não viram nada na hora do crime. O caso foi registrado no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que ficará responsável pela investigação.

Últimas