São Paulo Seis são presos em aeroporto de SP transportando drogas e diamantes

Seis são presos em aeroporto de SP transportando drogas e diamantes

Servidores fiscalizavam os passageiros por meio de aparelhos de raio-x, e encontraram os itens escondidos nas bagagens

  • São Paulo | Letícia Assis, da Agência Record

Flagrante aconteceu no Aeroporto Internacional de Guarulhos (SP)

Flagrante aconteceu no Aeroporto Internacional de Guarulhos (SP)

Reprodução/Agência Brasil

Seis pessoas foram presas no Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo, entre a noite de terça (24) e a madrugada de quarta-feira (25), na posse de entorpecente, diamantes e moeda estrangeira.

Na noite de terça-feira (24), os servidores da Receita Federal, que fiscalizavam os passageiros de voo procedente de Genebra/Suíça, com conexão em Portugal, selecionaram um homem, que havia optado pelo canal de inspeção "nada a declarar", para revista em seus pertences.

Na mala do passageiro, onde havia poucas peças de roupa, nada foi encontrado, porém na busca pessoal foi localizada uma pequena pochete contendo mais de 100 gramas de diamantes, com valor estimado em 100 mil dólares. O homem, um brasileiro de 51 anos de idade, foi preso em flagrante.

Em outra ação da Receita, realizada na madrugada de hoje junto às bagagens despachadas, foi identificada substância orgânica oculta na mala de um passageiro que embarcaria com destino a Frankfurt, na Alemanha. Os policiais foram acionados e, na delegacia, a mala suspeita foi desmontada e a substância, que estava dissimulada em forma de borracha, foi identificada como cocaína, cujo volume somou mais de 4 Kg. O suspeito, nacional do Equador, foi preso. 

Policiais federais, acionados por servidores que operam os aparelhos de raio-x, encontraram 8 kg de cocaína dentro de cinco volumes que estavam ocultos na mala de uma brasileira, que pretendia embarcar em voo para a França, cujo destino final era a cidade de Genebra, na Suíça.

Em outra ação, 3 passageiros que embarcariam com destino ao Panamá, na madrugada de hoje, foram presos na posse de moeda estrangeira, não declarada à Receita Federal, em volume superior ao permitido.

Os presos foram apresentados à Justiça Federal.

Últimas