Setenta parques municipais reabrem em SP na segunda-feira

Espaços estarão abertos ao público de segunda a sexta-feira, das 10h às 16h. Já o Ibirapuera e o Parque do Carmo vão funcionar das 6h às 16h

Parque do Ibirapuera e o do Carmo vão funcionar das 6h às 16h

Parque do Ibirapuera e o do Carmo vão funcionar das 6h às 16h

Gabriela Bilo / ESTADÃO CONTEÚDO

Os parques municipais de São Paulo vão reabrir na próxima segunda-feira (13). O anúncio foi feito pelo prefeito Bruno Covas (PSDB) nesta quinta-feira (9) em coletiva de imprensa. Segundo ele, neste primeiro momento, serão 70 espaços que estarão abertos ao público, de forma controlada, de um universo de mais de 100 parques da cidade. "Não serão todos. Os maiores, o Ibirapuera e o do Carmo, vão abrir das 6h às 16h", informou o prefeito.

Leia mais: Setores de audiovisual, tatuagem e pesquisa estão liberados em SP

Os parques só poderão abrir de segunda a sexta-feira, das 10h às 16h, para passeio, caminhadas e corrida. Apenas o Ibirapuera, na zona sul, e o do Carmo, na zona leste, terão o horário de funcionamento ampliado.

Não há ainda previsão para reabertura dos demais parques e nem do funcionamento também aos finais de semana.

Veja também: Centros Esportivos foram reabertos na cidade de São Paulo

Para reabrir, haverá controle de acesso nas portarias e o uso de máscaras é obrigatório. Os bebedouros ficarão fechados seguindo recomendação da Vigilância Sanitária. 

Os permissionários podem funcionar desde que sigam os protocolos de segurança durante a pandemia do novo coronavírus. Já as atividades coletivas, os parques infantis e quadras continuam fechados.

Leia ainda: MP-SP abre inquérito para apurar a flexibilização da quarentena

Segundo o prefeito, a medida será publicada em decreto no Diário Oficial da Cidade nesta sexta-feira (10). Também serão assinados os protocolos para liberação de funcionamento de academias e do setor de audiovisual na capital, de acordo com a fase amarela do Plano São Paulo do governo estadual.

Parques abertos

A prefeitura divulgou a lista do primeiro grupo de parques urbanos e lineares abertos. Ao todo, são 59 equipamentos: Jardim da Luz, Aclimação, Independência, Buenos Aires, Ibirapuera, Cemucam, Alfredo Volpi, Carmo, Piqueri, Vila dos Remédios, Anhanguera, São Domingos, Raposo Tavares, Lions Clube Tucuruvi, Raul Seixas, Santa Amélia, Burle Marx, Eucaliptos, Chácara das Flores, Tiquatira – Eng. Werner Zulauf, Ipiranguinha, Trote, Parelheiros, Povo – Mario Pimenta Camargo, Vila Prudente – Ecológico Prof. Lydia Natalízio Diogo, Rapadura, Itaim, Fogo, São José, Sapé, Água Vermelha, Aricanduva, Vila do Rodeio, Consciência Negra, Jardim Sapopemba, Sena, Ten. Brig. Faria Lima, Juliana de Carvalho Torres – Cohab Raposo Tavares, Zilda Arns, Lajeado – Izaura Pereira Franzolin, Canivete, M’Boi Mirim, Barragem de Guarapiranga, Ciência, Mongaguá, Rio Verde, Ribeirão Caulim, Ribeirão Cocaia, Cantinho do céu, Sete Campos, Jardim Prainha, Guabirobeira – Mombaça, Jardim da Conquista, Ribeirão Oratório, Sapopemba (Aterro), Feitiço da Vila, Chácara do Jockey e Jardim das Perdizes. O Parque Nair Bello, em Itaquera, será entregue nos próximos dias.

Fazem parte dos espaços abertos cinco Parques Naturais Municipais, que terão seu funcionamento retomado conforme o projeto-piloto de visitação, iniciado antes da pandemia. Cada unidade abrirá um dia na semana, de segunda a quinta, das 10h às 16h. São eles: PNMs Jaceguava (segunda-feira); Itaim (terça-feira), Fazenda do Carmo (terça-feira), Varginha (quarta-feira) e Bororé (quinta-feira). As unidades permanecerão fechadas de sexta a domingo.

Estão incluídas também as 6 áreas de preservação, o PNM Cratera de Colônia: Reserva do Morumbi, Quississana, Ecológico de Campo Cerrado Alfred Ústeri, Savoy City e Altos da Baronesa. O acesso a essas unidades é concedido apenas para fins de pesquisa, mediante agendamento.