Sob protesto, Alckmin inaugura estação Fradique Coutinho

Parada da linha 4 do Metrô estava prevista, inicialmente, para ser entregue há quatro anos

Com quatro anos de atraso, nova estação da linha 4-Amarela do Metrô começa a operar neste sábado

Com quatro anos de atraso, nova estação da linha 4-Amarela do Metrô começa a operar neste sábado

Marcelo Goncalves/Sigmapress/Estadão Conteúdo; Taba Benedicto/Brazil Photo Press/Estadão Conteúdo

O governador de Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, acompanhado pelo senador eleito, José Serra, e assessores, inaugurou a estação de metrô Fradique Coutinho, pertencente à linha 4-Amarela, localizada na rua dos Pinheiros, zona oeste da capital paulista, na manhã deste sábado (15). Quando chegou, Alckmin enfrentou um protesto na estação.

A abertura da estação ocorre com quatro anos de atraso. Hoje, a parada funcionará em horário reduzido, oferecendo atendimento ao usuário até a 1h. No domingo (16), a operação será das 4h40 à meia-noite. Na próxima semana, entre segunda-feira (17) e sexta-feira (21), a estação funcionará das 10h às 15h.

A partir do dia 22 de novembro, a estação passará a operar em horário normal — das 4h40 à meia-noite de segunda a sexta-feira; das 4h40 à 1h aos sábados e das 4h40 à meia-noite aos domingos.

Leia mais notícias de São Paulo