São Paulo Soldado Leandro, desaparecido em Heliópolis, é da turma da PM Juliane

Soldado Leandro, desaparecido em Heliópolis, é da turma da PM Juliane

Policial assassinada em agosto de 2018, na favela de Paraisópolis, foi da mesma turma do soldado desaparecido desde sábado (29)

Soldados Juliane e Leandro em formação da PM

Soldados Juliane e Leandro em formação da PM

Arquivo pessoal

O soldado Leandro Patrocínio, desaparecido desde o último sábado (29) depois de ter sido visto na região do Heliópolis, zona sul de São Paulo, foi da mesma turma de formação na Polícia Militar da soldado Juliane dos Santos Duarte, morta na favela de Paraisópolis, também na zona sul paulistana, em agosto de 2018.

As investigações iniciais indicam que o soldado Leandro pode ter sido sequestrado e morto após participar de um baile funk na comunidade do Heliópolis, na madrugada de domingo (30). O último contato dele com a família, via WhatsApp, aconteceu horas antes, ainda no sábado.

A polícia atua em duas hipóteses de investigação para o desaparecimento do soldado Leandro. Na primeira, os criminosos podem ter visto o policial em um bar e acharam que ele estava fazendo alguma investigação no local, e a segundo indica para algum desentendimento entre o PM e outra pessoa e, na confusão, ele teria se identificado com militar.

As circunstâncias são semelhantes ao crime que vitimou a soldado Juliane. Na ocasião, ela estava em uma festa em uma bar na comunidade do Paraisópolis, e após uma confusão no bar onde estava, foi abordada, os criminosos confirmaram sua identidade como policial militar, e após raptarem, houve a execução.

Juliane foi encontrada uma semana depois, no porta-malas de um carro na região do Socorro, também na zona sul. Assim como está acontecendo na favela do Heliópolis em busca de Leandro, nos dias seguintes ao desaparecimento da soldado Juliane, em 2018, a Polícia Militar também realizou uma série de ações em Paraisópolis.

Segundo a irmã da PM Juliane, Fabiane Duarte, além de terem participado do mesmo curso de formação juntos, os soldados atuaram no mesmo pelotão da Polícia Militar.

Últimas