São Paulo SP: 2 homens são presos acusados da morte de ex-jogador do Vasco

SP: 2 homens são presos acusados da morte de ex-jogador do Vasco

Segundo a Polícia Civil, homens teriam agredido o ex-atacante a pauladas, que foi encontrado em uma rua na zona norte de SP com diversos ferimentos

Ex-jogador enfrentava problemas com drogas e vivia nas ruas de São Paulo

Ex-jogador enfrentava problemas com drogas e vivia nas ruas de São Paulo

Reprodução/RecordTV

Dois homens foram presos pela polícia e confessaram ter agredido a pauladas o ex-atacante do Vasco, Valdiram Caetano de Morais, de 36 anos, encontrado morto na noite do dia 19 de abril, em Santana, zona norte de São Paulo.

Leia mais: Vícios e indisciplina impediram sucesso de Valdiram no futebol

Segundo o boletim de ocorrência, os homens afirmaram que agrediram o ex-jogador até desacordá-lo. Quando uma equipe do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi chamada, acionou a Polícia Militar ao identificar que o homem já estava morto.

Os dois homens foram identificados e presos, após policiais militares receberem uma denúncia anônima apontando que eles seria os autores do crime. Eles foram presos em uma praça na avenida Cruzeiro do Sul, no bairro de Santana, em um local próximo de onde o corpo do ex-jogador foi encontrado.

O caso foi registrado como homicídio simples no 13° DP (Casa Verde) e foi encaminhado ao DHPP para conclusão das investigações do inquérito policial. O corpo de Valdiram continua no IML-Norte e aguarda reconhecimento e liberação por familiares.