São Paulo SP amanhece com chuva e em estado de atenção para alagamento

SP amanhece com chuva e em estado de atenção para alagamento

Nas próximas horas, tempo segue instável e novas instabilidades podem atingir a capital. Na terça-feira, haverá chuva fraca

  • São Paulo | Do R7

Chuva forte deixa São Paulo em estado de atenção para alagamentos

Chuva forte deixa São Paulo em estado de atenção para alagamentos

Fabrício Costa / Estadão Conteúdo / 16.10.2021

As fortes chuvas que caíram na madrugada e na manhã desta segunda-feira (18) deixaram toda a cidade de São Paulo em estado de atenção para alagamentos das 4h às 7h e depois às 9h. A tendência para os próximos dias, segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas da Prefeitura de São Paulo, é que o cenário se repita na terça-feira (19). 

O estado de atenção para alagamentos começou nas zonas oeste, sul, sudeste, leste, norte e centro no intervalo 4h46 às 6h35. As marginais Pinheiros e Tietê também entraram em estado de atenção após as chuvas. Às 9h, o CGE decretou novamente que toda a cidade estava em estado de alerta.

Na terça-feira (19), a previsão é de céu encoberto com chuva fraca e garoa intermitente. Por conta dos ventos e da umidade alta, a sensação térmica será de 13°C na madrugada e máxima de 17°C no início da tarde.

Segundo o CGE, as instabilidades estão associadas a uma área de baixa pressão nas camadas médias da atmosfera que provocaram chuva com forte intensidade nas últimas horas, mas perderam força na Grande São Paulo e se deslocaram para as regiões do Alto Tietê, Vale do Paraíba, Serra da Mantiqueira e Litoral Norte.

De acordo com as recentes imagens do radar meteorológico, novas áreas de instabilidade que estão se deslocando do interior rumo à Grande SP estão provocando chuva com até forte intensidade entre a região de Sorocaba e o sudoeste da Grande São Paulo, em cidades como Ibiúna, Alumínio, Juquitiba.

No decorrer do dia, o tempo permanece instável e chuvoso. O tempo fechado e úmido vai determinar mais um dia com baixa amplitude térmica. A máxima não passa dos 17°C.

O vento frio e úmido que vem do mar mantém o ingresso de umidade e o céu encoberto nos próximos dias. Por conta disso, a temperatura permanece abaixo da média para a época do ano. Na quarta-feira (20), as instabilidades se afastam, mas o tempo frio e úmido continua. Há potencial para garoa. A mínima deve ser de 13°C e a máxima que não supera os 17°C.

Últimas