SP amplia prazo para morador de rua comer de graça no Bom Prato

Benefício para pessoas cadastradas nas prefeituras passa a valer até 30 de setembro. Desde junho, foram distribuídas gratuitamente 315 mil refeições

Refeições serão entregues de forma gratuita para cadastrados até dia 30 de setembro

Refeições serão entregues de forma gratuita para cadastrados até dia 30 de setembro

Divulgação/ Governo SP

A distribuição de refeições gratuitas na rede de restaurantes Bom Prato para a população em situação de rua foi extendida até o dia 30 de setembro, segundo informou a Secretaria de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo nesta sexta-feira (21).  

Os restaurantes permanecerão atendendo gratuitamente as pessoas cadastradas pelos municípios, que devem apresentar um cartão com código QR para terem acesso ao benefício.

A medida pretende garantir a segurança alimentar das pessoas em situação de rua. Desde o início da pandemia, foram distribuídas 15 milhões de refeições, sendo mais de 1,7 milhão de cafés da manhã, 10,8 milhões de almoços e 2,5 milhões de jantares. Deste total, mais de 315 mil foram gratuitas, sendo 76 mil cafés da manhã, 162 mil almoços e 77 mil jantares.