Coronavírus

São Paulo SP apura 84 denúncias de fura-fila da vacina, com multa de R$ 100 mil

SP apura 84 denúncias de fura-fila da vacina, com multa de R$ 100 mil

Relatos são de 40 cidades no estado. Governo vai punir quem tomar terceira dose ou apresentar documento falso nos postos 

  • São Paulo | Do R7, com informações da Record TV

Governo de SP apura 84 denúncias de fura-fila da vacina e prevê multa de até R$ 100 mil

Governo de SP apura 84 denúncias de fura-fila da vacina e prevê multa de até R$ 100 mil

Kai Pfaffenbach/Reuters

O Ministério Público e o Governo de São Paulo apuram 84 denúncias de fura-fila da vacinação contra a covid-19 em 40 cidades no estado. São investigados dois tipos de infração: quem já está imunizado, mas procura a terceira dose ou quem apresentar documento falso para receber o imunizante. As informações são da Record TV.

De acordo com o secretário de Justiça e Cidadania de São Paulo, Fernando José da Costa, o governo criou uma comissão especial composta pelas secretarias de Justiça, Saúde e Desenvolvimento Regional e prevê multa aos fura-filas que variam de R$ 1.500 a 100.000.

"Quem antecipou a vacinação com RG, atestado médico ou documento falso praticou crime de uso de documento falso ou falsificação. Já quem fez a revacinação praticou crime contra a saúde pública", explicou o secretário.

A punição administrativa poderá se estender ao servidor do posto de saúde que sabia que a pessoa não deve ser vacinada naquele momento da campanha, mas que, mesmo assim, aplicou a dose do imunizante.

Em todos os casos, o fura-fila tirou a vez do grupo elegível e prioritário da campanha do Plano Estadual de Imunização.

Últimas