São Paulo SP: cobertura da vacinação contra gripe ainda está abaixo dos 40%

SP: cobertura da vacinação contra gripe ainda está abaixo dos 40%

Meta é imunizar ao menos 90% dos públicos da campanha, que se inicia com profissionais da saúde, indígenas, gestantes e crianças

  • São Paulo | Letícia Dauer, da Agência Record

Cobertura vacinal ainda está abaixo de 40% no estado de SP

Cobertura vacinal ainda está abaixo de 40% no estado de SP

Divulgação / Erasmo Salomão Ministério da Saúde

A cobertura da campanha de vacinação contra a gripe no estado de São Paulo ainda está abaixo de 40%, informou a Secretaria Estadual de Saúde nesta quinta-feira (13). 

A Secretaria de Estado da Saúde está convocando o público prioritário para garantir a proteção. 

A primeira etapa da campanha começou no dia 12 de abril, com a expectativa de vacinar 5,5 milhões de pessoas. Desse total, somente 1,8 milhão aderiram à campanha até esta quinta-feira. Foram 1,2 milhões crianças (36,9% de cobertura vacinal), 144,4 mil gestantes (33%), 420,6 mil profissionais da saúde (27,1%) e 26,7 mil puérperas (37,2%). Também foram vacinados 4,5 mil indígenas (77,6%). 

Estes grupos podem continuar comparecendo aos postos de vacinação mesmo após a segunda etapa da campanha, que começou na terça-feira (11).  A nova fase foca em idosos (pessoas com 60 anos ou mais) e professores - um público de cerca de 7,8 milhões de pessoas.

A terceira e última fase da campanha começa em 9 de junho com a expectativa de alcançar 5,1 milhões de pessoas.

Passam a ser prioridade pessoas com comorbidades e com deficiência (física, auditiva, visual, intelectual e mental ou múltipla), caminhoneiros, trabalhadores portuários e de transporte coletivo, profissionais das forças armadas, de segurança e salvamento e funcionários do sistema prisional,  população privada de liberdade e jovens e adolescentes sob medidas socioeducativas.

O Instituto Butantan disponibiliza ao Brasil 80 milhões de doses da vacina contra a influenza para a campanha nacional, com produção integral do imunizante e sem necessidade de importação de matéria-prima.

Últimas