Coronavírus

São Paulo SP confirma mais de 500 policiais afastados por suspeita de covid-19

SP confirma mais de 500 policiais afastados por suspeita de covid-19

Segundo a SSp, dos 112.913 profissionais efetivos das polícias do estado, 0,5% está afastado por suspeita ou diagnóstico de coronavírus

  • São Paulo | Mariana Rosetti, da Agência Record

Policiais militares utilizam máscaras de proteção para evitar contágio

Policiais militares utilizam máscaras de proteção para evitar contágio

Divulgação/PMESP

Mais de 500 policiais civis e militares estão afastados com suspeita ou diagnóstico de coronavírus no estado de São Paulo. Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), dos 112.913 profissionais efetivos das polícias do Estado, 0,5% está afastado por suspeita ou diagnóstico de coronavírus. São, aproximadamente, 564 policiais. A Polícia Militar informou que, do número total, 438 são policiais militares afastados.

Leia mais: Família de SP tem sete casos, duas mortes e um internado na UTI

De acordo com a SSP, o afastamento é uma orientação do Comitê de Contingência do Coronavírus. O quadro clínico dos profissionais afastados é acompanhado pela instituição.

A primeira morte ocasionada pela COVID-19 na corporação foi a da policial militar Magali Garcia. Ela estava internada no Hospital da Polícia Militar desde o último dia 27 devido às complicações da doença, e morreu na última segunda-feira (30).

Leia mais: Em SP, um único hospital de idosos já registrou 79 mortes por covid-19

Solicitamos uma nota à Secretaria Municipal de Segurança Urbana (SMSU), sobre a situação dos Guarda Civis Municipais.

A SSP informou, por meio de nota, que todo policial com suspeita ou diagnóstico do COVID-19 está devidamente afastado, conforme orientações do Comitê de Contingência do coronavírus e a Instituição acompanha seu quadro clínico, fornecendo todo o suporte necessário para sua recuperação.

Leia mais: Doria diz que decidirá se haverá prorrogação de quarentena dia 6

A pasta também informou que tem adotado todas as medidas necessárias para garantir a proteção acerca do coronavírus, como aquisição e distribuição de novos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), máscaras e luvas, para os servidores e agentes de segurança. O atual efetivo das polícias do estado de São Paulo é 112.913. Neste momento, 0,5% do efetivo das polícias do Estado está afastado.

A prefeitura de São Paulo informou que por intermédio da Secretária de Segurança Urbana informou que a Guarda Civil Metropolitana de São Paulo afastou 130 GCMs. Destes, dois casos foram confirmados com covid-19. Importante destacar que o período de afastamento da grande maioria termina esta semana.

A GCM informou que tem tomado todas as providências para proteger seus servidores" do coronavírus, deixando-os aptos para seguir cuidando da segurança urbana da cidade.

Últimas