SP: corpo é amarrado e deixado em caixa de papelão sob Minhocão

Saco usado para embrulhar o corpo tinha símbolos orientais e uma foto de pequenas bolsas importadas. Moradores de rua chamaram a polícia

Corpo estava debaixo do Minhocão

Corpo estava debaixo do Minhocão

Fabíola Perez /R7

O corpo de um homem foi abandonado na madrugada desta quarta-feira (27) debaixo do Elevado Presidente João Goulart, o Minhocão, no Centro de São Paulo. O corpo estava amarrado e dentro de uma caixa de papelão. Foram os moradores de rua que chamaram a polícia.

Eram quatro da manhã quando Policiais Militares foram chamados para uma das áreas mais movimentadas do centro de São Paulo, mesmo em período de pandemia. Local onde dorme a população de rua. Na noite gelada, alguns acordaram com um barulho e viram quando uma caixa foi deixada ali. Só não imaginavam que dentro havia um corpo com sinais de violência.

Um detalhe desperta a atenção: o saco usado para embrulhar o corpo tinha símbolos orientais e uma foto de pequenas bolsas importadas. Quem dormia debaixo do elevado, imaginou que dentro da caixa havia alguma doação ou lixo reciclável.

A vítima estava amarrada. Usava uma camiseta amarela e uma jaqueta preta. O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) vai atrás de imagens de câmeras de segurança.  Policiais querem saber se a caixa foi deixada por alguém que passou por ali de carro.