Novo Coronavírus

São Paulo SP deve ter indicadores na fase verde até 10 de outubro, diz Covas

SP deve ter indicadores na fase verde até 10 de outubro, diz Covas

Segundo Covas, cidade deve alcançar cinco indicadores de saúde levados em consideração pelo Estado entre 20 de setembro e 10 de outubro

  • São Paulo | Do R7

Bruno Covas diz que cidade está próxima de entrar na fase verde

Bruno Covas diz que cidade está próxima de entrar na fase verde

Governo do Estado de São Paulo - 14.08.2020

O prefeito Bruno Covas afirmou, nesta sexta-feira (28), que com a evolução dos indicadores de saúde na cidade de São Paulo, a expectativa é que a capital esteja na fase verde entre os dias 20 de setembro e 10 de outubro. "Poderemos avançar na flexibilização", afirma Covas.

Leia mais: 'Iniciamos a descida do platô', diz Doria sobre combate à pandemia

"Em relação aos casos novos, desde o dia 24 de junho, a cidade tem índices menores do que 1 quando comparados os últimos sete dias em relação aos sete dias anteriores. Estamos reduzindo a quantidade de novos casos na cidade mesmo com a ampliação de testagens realizadas pela prefeitura", disse Covas. 

Veja ainda: "O vírus escancarou a distorção social que temos em SP", diz Covas

Para a curva de novas internações, a quantidade de casos mostra que, segundo Covas, desde o inicicio de junho, os números são menores do que 1. "Isso faria com que a cidade, neste critério, entrasse na fase verde", diz Covas. "Isso significa que começa a ter uma redução na quantidade de novas internações. E desde o início de agosto a cidade está abaixo das 40 internações por 100 mil habitantes, portanto, dentro da fase verde para esse indicador."

Veja mais: Em São Paulo, 69,5% das crianças com covid-19 não têm sintomas

Em relação ao numero de óbitos, o prefeito afirmou que, desde junho a curva tagencia a fase verde. "Às vezes dentro, as vezes fora, mas há uma redução na quantidade de óbitos na cidade. A partir de junho, quando tivemos o pico, estamos reduzindo a quantidade de óbitos por 100 mil habitantes. Agora, nos últimos dias de agosto entramos na banda verde menos de 5 óbitos por 100 mil habitantes.

"Considerando os cinco indicadores que o Estado leva em consideração, a expectativa da prefeitura é que a gente esteja com os cinco indicadores podendo ser classificado na classe verde entre 20 de setembro e 10 de outubro."

Últimas