São Paulo SP: janeiro já é o mês com maior número de casos de covid-19

SP: janeiro já é o mês com maior número de casos de covid-19

Quatro dias antes de completar o mês cidade tem cenário mais grave já registrado desde agosto, mês do 1º pico da pandemia

UTI do hospital Emílio Ribas em SP

UTI do hospital Emílio Ribas em SP

Suamy Beydoun / Estadão Conteúdo - Arquivo

O mês de janeiro é o que mais registrou novos casos de covid-19 no estado de São Paulo desde o início da pandemia. Foram 268.997 infecções confirmadas até esta quarta-feira (27), a quatro dias do fim. O mês com maior número de infectados era agosto, com 262.038 novos casos.

A média móvel de sete dias já passa de 200 mortes por dia em todo o estado desde a segunda semana de janeiro, patamar registrado no pico da primeira onda da pandemia, entre junho e agosto.

Desde o início da pandemia, o estado contabiliza 52.170 mortes e 1.731.294 casos confirmados do novo coronavírus. O total de recuperados é 1.488.343 pacientes. Deles, 176.111 foram internadas e tiveram alta hospitalar.

Até 10h30 desta quarta, as taxas de ocupação dos leitos de UTI eram de 70,7% na Grande São Paulo e de 70,9% no Estado. O número de pacientes internados estava 13.260, sendo 7.303 em enfermaria e 5.957 em UTIs. Todos os 645 municípios têm ao menos um infectado e 618 já registraram ao menos uma morte. 

Últimas