SP: jovem acusa PM de atirar paralelepípedo contra ele em blitz

Rapaz de 18 anos diz que estava de moto, sem capacete, quando foi atingido por uma pedrada no peito, durante uma blitz na zona oeste da capital

Jovem já passou por duas cirurgias e segue internado

Jovem já passou por duas cirurgias e segue internado

reprodução/Record TV

Após a divulgação de imagens em que um PM aparece agredindo um motociclista com uma barra de concreto na madrugada do último dia 25, durante uma blitz na zona oeste de São Paulo, surgem novas denúncias de violência na mesma blitz. 

Um jovem de 18 anos alega ter sido atingido por um paralelepípedo arremessado por um policial militar. O rapaz, que não quis ser identificado, diz que estava em uma moto, sem capacete, quando foi atingido no peito. 

Ele passou por duas cirurgias, uma delas cardíaca, já que a pedra perfurou o coração do jovem, que continua internado em um hospital em São Paulo. 

Os 21 PMs envolvidos no bloqueio já foram ouvidos na Corregedoria, que apura o caso.

Assista à reportagem do Jornal da Record