São Paulo SP: jovem desaparece após sair para encontrar amigo no portão de casa

SP: jovem desaparece após sair para encontrar amigo no portão de casa

Amigo também sumiu e, segundo família, desaparecimento aconteceu um dia depois de ambos serem abordados por supostos policiais civis

  • São Paulo | Rodrigo Martinez* e Isabelle Gandolphi

Jovem desapareceu após sair para encontrar amigo no portão de casa

Jovem desapareceu após sair para encontrar amigo no portão de casa

Reprodução

Thales Barreto de Santana, de 18 anos, desapareceu após sair de casa na Rua Domingos Fernandes Nobre, 385, no Jardim Helena, Zona Leste de São Paulo, por volta das 12h30 do dia 19 de agosto deste ano. O Ministério Público de São Paulo e a Corregedoria da Polícia Civil investigam o desaparecimento.

Leia também: Polícia apreende 150 aves em Mogi das Cruzes (SP) após denúncia

Segundo o registro da família no BO, o jovem estava em casa quando foi encontrar o amigo Cristiano, de apelido "Cavalo", no portão da residência para sair de bicicleta e não foi mais visto. O amigo também sumiu.

Ele saiu sem documentos e celular, vestindo uma camisa azul, uma bermuda listrada azul e preta e um chinelo preto. A mãe, Amanda Barreto, de 33 anos, chegou a procurar o filho nos arredores do bairro junto com outros amigos dele.

O desaparecimento dos dois jovens aconteceu um dia depois de ambos serem abordados por supostos policiais civis que estavam em um carro, do modelo Gol, de cor azul.

De acordo com Amanda, o filho é usuário de drogas e estava envolvido com o tráfico. Ela disse que os policiais civis chegaram a entrar na casa deles um dia antes do desaparecimento e disseram que queriam R$ 30 mil para não prender Thales e não levar as drogas, cerca de 12kg de porções de maconha e cocaína, presentes na casa. Os agentes fizeram ameaças contra a família, segundo ela.

Leia também: Rave em alto mar: polícia acaba com festa em iates no Guarujá (SP)

Como o jovem não teria essa quantia, os agentes baixaram a extorsão para R$ 3 mil. Na sequência, segundo a mãe, os policiais foram embora sem levar nada. No dia seguinte, Thales desapareceu.

Em nota, a SSP (Secretaria da Segurança Pública) se posicionou sobre a investigação do caso. O Ministério Público, que entrou no caso há cerca de uma semana, ainda não emitiu um posicionamento.

*Estagiário da Agência Record sob supervisão de Rafael Custódio

Últimas