São Paulo SP: Justiça condena dez envolvidos em fraude com Bilhete Único

SP: Justiça condena dez envolvidos em fraude com Bilhete Único

Acusados que vendiam bilhetes com créditos falsos geraram prejuízo de mais de R$ 200 mil à SPTrans. Penas variam de 5 a 7 anos em regime fechado

  • São Paulo | Isabelle Gandolphi e Letícia Assis, da Agência Record

Dez foram condenados por fraude em Bilhete Único

Dez foram condenados por fraude em Bilhete Único

Reprodução

A 10ª Vara Criminal de São Paulo condenou dez pessoas que falsificavam cartões de Bilhete Único da SPTrans a penas que variam de cinco a sete anos de prisão em regime fechado. A decisão foi tomada na terça-feira (27).

Leia também: Sé tem 290 vezes mais oferta de trabalho formal do que Anhanguera

O grupo foi condenado também pelos crimes de associação criminosa e corrupção de menores - uma adolescente foi aliciada no esquema. Eles inseriam créditos falsos nos bilhetes e ofereciam a usuários nas estações de metrô, para que passassem pela cancela. Em seguida, recolhiam o cartão de volta.

Sete integrantes do grupo foram presos em flagrante em operação policial que apreendeu mais de 900 cartões, gerando prejuízo de mais de R$ 200 mil à SPTrans. 

Veja também: Desigualdade em SP: morador da periferia vive 23 anos menos

O juiz do processo, Marcelo Matias Pereira, considerou o grupo de "alta periculosidade e organização acentuada" por conta do "caráter extremamente intrincado" do esquema.

Últimas