Novo Coronavírus

São Paulo SP: Ocupação de leitos de UTI fica abaixo de 80% após mais de 50 dias

SP: Ocupação de leitos de UTI fica abaixo de 80% após mais de 50 dias

Índice que chegou a mais de 92% no fina de março chegou a 79,09% neste sábado. Óbitos caíram quase 22%

  • São Paulo | Do R7

Leito de UTI em hospital de São Paulo

Leito de UTI em hospital de São Paulo

Amanda Perobelli/Reuters

A taxa de ocupação dos leitos de UTI no estado de São Paulo ficou neste sábado (24) abaixo de 80% pela primeira vez desde após mais de 50 dias. O índice divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde foi de 79,09% de ocupação dos leitos neste sábado. A menor marca anterior foi no dia 3 de março, com 79,42%. 

Quando o índice chega ou supera os 80% é considerado uma fase crítica. A maior taxa no estado foi registrada no dia 27 de março, com 92,75% de ocupação dos leitos de UTI.

Neste momento, 22.739 pacientes estão internados, sendo 10.678 em UTIs e 12.004 em enfermarias dos hospitais do estado. 

Na Grande São Paulo, a taxa de ocupação de leitos de UTI é de 78,2%. Esse índice já chegou a 92,69% em 27 de março.

Queda de óbitos

O estado de São Paulo registrou neste sábado queda de 21,8% de novas mortes por covid-19 em relação à semana epidemiológica anterior.

Os dados da 16ª semana também mostraram uma redução de 15,7% no número de novos casos e 6,8% em novas internações.

O estado soma hoje 2.827.833 casos confirmados e 92.548 mortes em decorrência do novo coronavírus desde o início da pandemia. Dos 2,8 milhões de casos, 2,4 milhões já se recuperaram da doença.

Últimas