São Paulo SP: Pacientes esperam 20 dias para receber resultados de covid-19

SP: Pacientes esperam 20 dias para receber resultados de covid-19

Pacientes afirmam que são liberados para voltar ao trabalho antes mesmo de receberem diagnóstico do coronavírus, em Caieiras (SP)

  • São Paulo | Do R7, com informações da Record TV

Denúncias mostram descaso em hospital de Caieiras (SP)

Denúncias mostram descaso em hospital de Caieiras (SP)

Reprodução/Record TV

Novas denúncias sobre os problemas com a saúde na cidade de Caieiras, na região metropolitana de São Paulo, mostram que pacientes esperam por mais de 20 dias para receberem os resultados de exames de diagnóstico para a covid-19.

Uma das pessoas que aguarda além do prazo é João Lucas de Freitas Santos, que tenta receber o resultado do exame da namorada. "Vim com dez dias, que era o prazo, e eles falaram que não estava pronto ainda. Retornei agora e dizem que está com problema no sistema e a gente não consegue ter o exame", diz.

João e a namorada fizeram o exame no mesmo dia, mas em cidades diferentes. O dele, que foi em um município vizinho, ficou disponível em dois dias. "Talvez a gente nem saiba se ela pegou ou não, porque a gente não tem o exame, o pior é isso".

Essa é uma queixa recorrente no hospital de campanha de Caieiras. Os pacientes recebem um atestado de poucos dias e muitos acabam precisando voltar ao trabalho sem saber se estão ou não contaminados com o vírus, correndo o risco de contaminar outras pessoas.

Outra paciente demorou 15 dias para saber que teve covid-19. Caroline Santos Ramos fez o teste no dia 20 de março e somente uma semana depois o Instituto Adolfo Lutz, que realiza o exame, recebeu a amostra da paciente para análise. 

Ela ainda recebeu um atestado da Secretaria de Saúde informando que ela estava apta a trabalhar, mesmo sem o resultado do exame, e que a demora foi causada pelo acúmulo de exames no instituto. 

Por meio de nota, a Prefeitura de Caieira reafirmou que a demora é por causa do acúmulo de exames no instituto, mas não respondeu sobre a demora da prefeitura para enviar os testes. Já o Instituto Adolfo disse que não trabalha com acúlos de exames e cumpre os prazos.

Últimas