Novo Coronavírus

São Paulo SP prevê de 1.962 a 6.962 novas mortes por covid-19 até fim de julho

SP prevê de 1.962 a 6.962 novas mortes por covid-19 até fim de julho

Nesta quinta-feira, estado acumula 19.038 óbitos em decorrência da doença; número de casos confirmados chega a 402.048

  • São Paulo | Do R7

SP tem 14,8 mil internados com covid-19 ou suspeita

SP tem 14,8 mil internados com covid-19 ou suspeita

Cadu Rolim/Estadão Conteúdo

O Centro de Contingência do Coronavírus do governo de São Paulo trabalha com estimativas de que ocorram entre 1.962 e 6.962 novas mortes por covid-19 no estado até o fim de julho.

Nesta quinta-feira (16), SP acumula 19.038 óbitos em decorrência da doença, mas o número deve ficar em um intervalo entre 21 mil e 26 mil até o dia 31.

Os óbitos por covid-19 fecharam a primeira quinzena do mês ligeiramente acima do mínimo esperado pelo governo: 18.640 — a margem era entre 18 mil e 23 mil.

Leia também: SP multa apenas 16 empresas e 4 pessoas por falta de uso de máscara

Os casos de infecção pelo coronavírus devem terminar julho entre 510 mil e 600 mil; hoje, são 402.048.

O estado encerrou a primeira quinzena também com número de casos dentro das estimativas: 393.176 — a margem era de 375 mil a 470 mil.

As próximas semanas devem ser marcadas ainda pelo avanço da pandemia em direção ao interior paulista.

Por outro lado, a covid-19 perde força na região metropolitana da capital, onde acredita-se já ter havido o pico de casos.

"A interiorização da pandemia segue avançando. Nós devemos ultrapassar nos próximos dias, pela primeira vez, tendo mais casos no interior do que na capital. Este número já significou cerca de 15% de casos no interior e hoje já chega a 39%", observou o secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi. 

Últimas