São Paulo SP: Rapaz que pegou carona em Fusca parado pela PM perde o olho

SP: Rapaz que pegou carona em Fusca parado pela PM perde o olho

Jovem de 19 anos foi atingido por estilhaços de bomba lançados pela polícia e acudido por motorista de Fusca em Mogi das Cruzes

  • São Paulo | Ingrid Griebel, da Record TV

Rapaz de 19 anos foi ferido por uma bomba e acudido por motorista de Fusca, parado em blitz

Rapaz de 19 anos foi ferido por uma bomba e acudido por motorista de Fusca, parado em blitz

Reprodução/Record TV

O caso do Fusca pego em uma blitz policial em Mogi das Cruzes, a 80 km de São Paulo, ganhou um desdobramento com outra história. O motorista que tentou fugir da blitz ao fingir que ia colocar o carro no guincho da PM levava um rapaz de 19 anos que tinha acabado de se ferir no olho depois que a polícia jogou bombas de efeito moral para dispersar uma aglomeração em uma praça. O rapaz foi levado ao hospital mas perdeu a visão do olho esquerdo.

“É muito triste acordar e não enxergar com os dois olhos”,afirmou o jovem que não quis se identificar em entrevista à Record TV.

O rapaz tinha saído de casa para se encontrar com um amigo e vender um notebook. Encontro marcado no fim da noite, em uma área onde costumam acontecer pancadões. Resolveu ir acompanhado da prima. Acabou atingido no olho por estilhaços de uma bomba ou bala de borracha.

Leia também: Motorista finge colocar carro no guincho, dá ré e foge de blitz da PM

Tudo aconteceu em uma praça, que aos finais de semana, vira ponto de encontro de jovens mesmo durante a pandemia. Policiais militares usaram bombas de efeito moral e balas de borracha pra dispersar a aglomeração.

Quem ofereceu ajuda foi um homem que ele nunca viu, o motorista de um Fusca. Ele colocou o rapaz ferido no carro para levá-lo ao hospital. Foi quando a PM cercou o veículo. . O dono do carro tentou passar pelo bloqueio com o rapaz ferido no banco de trás.

Os policiais pediram os documentos e viram que o motorista não tinha habilitação e o licenciamento estava atrasado. O carro seria guinchado. O motorista se ofereceu para colocar o Fusca no guincho.

Rapaz ferido no olho saiu do Fusca durante a blitz

Rapaz ferido no olho saiu do Fusca durante a blitz

Reprodução/Record TV

O rapaz ferido no olho já tinha saído do veículo, aparece ao fundo, de roupa clara, sentado em um dos bancos da praça. Ele aguarda pela chegada de uma ambulância. O motorista resolve dar marcha a ré, passa no meio de três viaturas e foge. Os policiais correm atrás do motorista que tentou escapar.

Durante a perseguição policial, o motorista foi detido e o fusca apreendido. O dono do carro acabou liberado horas depois. Ele esteve na casa do jovem que perdeu a visão do olho esquerdo e quem o atendeu disse que ele estava bastante machucado.

O dono do Fusca disse não ter dinheiro pra pagar as multas, os dias no pátio, e chegou a pedir ajuda pra recuperar o carro. Parecia assustado. O jovem que perdeu a visão também tem medo. Disse ter ouvido ameaças dos policiais enquanto a prima dele conversava com o pai.

Motorista fingiu que ia por o Fusca no guincho e fugiu

Motorista fingiu que ia por o Fusca no guincho e fugiu

Reprodução/Record TV

O rapaz que perdeu o globo ocular terá que esperar seis meses pra passar por uma nova cirurgia.

O Hospital das Clínicas Luzia de Pinho Melo afirmou que prestou todo atendimento e o paciente foi transferido para o Hospital Universitário da USP para atendimento especializado em oftalmologia e continuidade da assistência.

Últimas