Coronavírus

São Paulo SP recebe quarto lote da CoronaVac com 5,5 milhões de doses da vacina

SP recebe quarto lote da CoronaVac com 5,5 milhões de doses da vacina

Carga é composta por 2,1 milhões de doses prontas para aplicação e 2.100 litros de insumos, que irão gerar 3,4 milhões de unidades

  • São Paulo | Do R7

Resumindo a Notícia

  • Quarto lote da CoronaVac chegou hoje manhã no aeroporto de Viracopos
  • Mais duas cargas virão ao Brasil ainda em 2020
  • No total, Estado de SP terá 10,8 milhões de doses da vacina ainda este ano
  • Governo confirmou eficácia acima do mínimo da OMS, mas não a divulgou
Outros dois lotes ainda devem chegar em 2020

Outros dois lotes ainda devem chegar em 2020

Divulgação/Governo do Estado de São Paulo

O Governo do Estado de São Paulo recebeu na manhã desta quinta-feira (24), no Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), o quarto lote da CoronaVac com 5,5 milhões de doses da vacina. O secretário de saúde do Estado de São Paulo, Jean Gorinchteyn, e o Presidente do Instituto Butantan, Dimas Covas, acompanharam a chegada do carregamento.

A carga vinda da China é composta por 2,1 milhões de doses prontas para aplicação e outros 2,1 mil litros de insumos, que correspondem a 3,4 milhões de doses a serem envasadas no complexo do Instituto Butantan, na cidade de São Paulo.

“É mais um importante passo no enfrentamento da pandemia no Brasil. O imunizante atingiu um índice de eficácia superior ao recomendado pela Organização Mundial de Saúde e, com isso, poderemos em breve solicitar à Anvisa o registro”, afirmou Gorinchteyn. 

"Só com esta vacina que poderemos voltar à normalidade do nosso país", completou o titular da pasta da Saúde estadual, logo após a chegada dos insumos.

O diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, afirmou na sequência que, com a chegada de mais este lote, já será possível iniciar uma campanha "no meio de janeiro". "É um grande presente para o Brasil neste dia, véspera de Natal", disse.

Veja também: Câmara confirma aumento de 46% e salário de Covas será de R$ 35 mil

Mais dois lotes devem chegar ao Brasil na semana que vem, nos dias 28 e 30 deste mês, atingindo ainda este ano um total de 10,8 milhões de doses no país.

São Paulo terá, ainda em 2020, 10,8 milhões de doses da CoronaVac

São Paulo terá, ainda em 2020, 10,8 milhões de doses da CoronaVac

Leandro Ferreira/Fotoarena/Estadão Conteúdo – 24.12.2020

O início da vacinação em São Paulo deverá ser em 25 de janeiro.

Eficácia

Em coletiva de imprensa nesta quarta-feira (23) no Instituto Butantan, se divulgou a informação de que a CoronaVac atingiu índice de eficácia superior ao mínimo recomendado pela OMS (Organização Mundial da Saúde).

Entretanto, os números não foram divulgados pelo governo paulista nem pelo instituto.

Veja também: Doria cancela férias de 10 dias após vice pegar covid-19

A primeira base de dados, como previsto em contrato com o laboratório Sinovac, foi encaminhada da fase 3 dos testes clínicos realizados no Brasil com 13 mil voluntários, para que os resultados sejam comparados aos de pesquisas em outros países.

Esta análise terá conclusão em 15 dias, e então será encaminhada à Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e à National Medical Products Administration, da China.

Últimas