São Paulo SP registra alta em homicídios e estupros no mês de fevereiro

SP registra alta em homicídios e estupros no mês de fevereiro

Segundo Secretaria de Segurança Pública, número de roubos seguidos de morte caiu no segundo mês deste ano

  • São Paulo | Do R7

Divulgação/Polícia Militar

O número de vítimas de homicídios dolosos (quando há intenção de matar) no Estado de São Paulo teve alta de 9,6% em fevereiro deste ano, na comparação com o mesmo mês de 2020, passando de passando de 218 mortos para 239. 

O Estado também teve aumento nos registros de estupro, passando de 885 casos, em fevereiro do ano passado, para 983 registros no segundo mês deste ano, um aumento de 11,1%. A quarentena e medidas de isolamento em São Paulo entraram em vigor em março de 2020.

Esses dados foram divulgados pela SSP-SP (Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo) na tarde desta quinta-feira (25), no Portal da Transparência do Governo.

Segundo a pasta, com os novos índices, as taxas dos últimos 12 meses (de março de 2020 a fevereiro de 2021) no Estado de São Paulo ficaram em 6,85 vítimas de morte intencional para cada grupo de 100 mil habitantes.

Por outro lado, o número de vítimas de latrocínios (roubo seguido de morte) teve uma redução e atingiu o mesmo número que em 2019, que é o menor da série histórica, iniciada em 2001. Segundo a Secretaria de Segurança Pública, as vítimas de latrocínios passaram de 22 para 12 na comparação entre fevereiro do ano passado para este ano.

Últimas