Coronavírus

São Paulo SP retoma aplicação de segunda dose com vacina da AstraZeneca

SP retoma aplicação de segunda dose com vacina da AstraZeneca

Imunizante estava em falta e, para completar o esquema vacinal, foi aplicada a segunda dose da Pfizer em alguns moradores

Cidade de SP retoma aplicação de segunda dose com vacina da AstraZeneca

Cidade de SP retoma aplicação de segunda dose com vacina da AstraZeneca

REUTERS/Dado Ruvic/Ilustração

A partir desta sexta-feira (17), a cidade de São Paulo volta a aplicar a segunda dose da AstraZeneca em quem tomou a primeira dose do mesmo fabricante. O imunizante estava em falta no estado, mas a prefeitura disse ter recebido 204.880 doses nesta quinta-feira (16).

Para completar o esquema vacinal, foi aplicada no período a segunda dose da Pfizer. Até quarta-feira (15), foram 134.790 aplicações de Pfizer para aqueles que tomaram a AstraZeneca na primeira dose.

"A intercambialidade com o imunizante da Pfizer prossegue em momentos em que a vacina da AstraZeneca estiver momentaneamente indisponível", informou em nota a Secretaria Municipal de Saúde.

A recomendação é para que a população verifique antes a disponibilidade de segundas doses nos postos de saúde por meio do site De Olho na Fila.

Dose adicional

Os idosos com mais de 85 anos recebem a dose adicional da vacina exclusivamente com o imunizante da Pfizer assim como os adolescentes.
 
Podem receber a dose de reforço, os vacinados com segunda dose há mais de seis meses. O objetivo é garantir proteção adicional à população mais vulnerável ao novo coronavírus, em especial à variante delta, predominante no município.

Últimas