São Paulo SP: sete creches amanheceram fechadas por irregularidade

SP: sete creches amanheceram fechadas por irregularidade

Mães e professoras protestaram contra o fechamento das unidades. Profissionais ficarão sem emprego e alunos prejudicados

Ato ocorre na zona norte de SP

Ato ocorre na zona norte de SP

Reprodução

Sete creches foram fechadas na zona norte e sul de São Paulo e, de acordo com a Secretaria Municipal de Educação, a organização social que administrava essas unidades foi descredenciada por irregularidades. Na manhã desta quarta-feira (7), mães e professoras se manifestaram contra o fechamento das creches municipais, o ato ocorreu na Vila Nilo, zona norte da capital. 

Segundo uma das mães envolvidas, a prefeitura, por meio de publicação no Diário Oficial do Município, decretou o fechamento de sete creches, sendo cinco na zona norte e duas na zona sul da capital.

Os manifestantes disseram que não foram avisados previamente, sendo surpreendidos com a decisão da prefeitura na manhã desta quarta-feira (7).

 De acordo com a secretaria, já foi contratada uma nova organização para administrar as creches, mas até o momento não informaram qual.

A categoria afirma que quase 100 profissionais da educação serão demitidos e ficarão sem empregos. Além disso, os alunos também serão prejudicados com o fechamento das unidades.

Em nota, a Secretaria Municipal de Educação afirmou que nenhuma criança ficará desassistida. Como as creches estão atendendo com apenas 35% da capacidade, os familiares que mais precisarem do atendimento presencial serão remanejados para unidades próximas.

Últimas