Novo Coronavírus

São Paulo SP tem 14.230 casos e 689 novos óbitos por covid-19 em 24h

SP tem 14.230 casos e 689 novos óbitos por covid-19 em 24h

Números de novos casos, internações e mortes pela doença declinam. Ao todo, foram 2.956.210 pessoas infectadas no estado 

Agência Estado
O estado de São Paulo registrou 689 novos óbitos por covid entre terça (4) e quarta (5)

O estado de São Paulo registrou 689 novos óbitos por covid entre terça (4) e quarta (5)

Stephanie Lecocq/EFE/EPA - 14.04.2021

O governo do estado de São Paulo registrou, entre a terça-feira (4) e quarta-feira (5), 14.230 novos casos confirmados de contaminação pela covid-19 e 689 novos óbitos. Desde o início da pandemia, o estado soma 2.956.210 casos de contaminação e 98.710 mortes pela doença.

São Paulo registra oscilação próxima da estabilidade na variação semanal - comparativo entre os sete últimos dias e os sete anteriores - dos índices epidemiológicos, de acordo com dados da Seade (Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados). Os novos casos recuaram em 1,3%, o número de óbitos em 0,3% e as internações pela doença permanecem constantes.

Na região metropolitana de São Paulo, a queda é mais acentuada: novos casos diminuem 10,7%,  óbitos em 17,6% e internações 2,6%.

Segundo o secretário estadual de Saúde de São Paulo, Jean Carlo Gorinchteyn, o governo está atento aos números. "O objetivo da fase de transição estendida é a oportunidade de se avaliar os índices e se atualizar as medidas que podem ser ainda cabíveis para o plano São Paulo", afirmou.

Vacinação

Segundo dados do governo do estado, 7,9 milhões de pessoas foram alvo da campanha de imunização contra a covid-19: 4,6 milhões, que dá cerca de 10% da população, receberam as duas doses e cumpriram com o cronograma vacinal. O total de pessoas que receberam apenas a primeira dose é de  3,3 milhões e, portanto, devem retornar a um posto de saúde para receber a segunda.

Ao todo, foram aplicadas 12,5 milhões de doses, número superior ao de vacinados uma vez que algumas pessoas receberam duas doses. Primeiras doses aplicadas são 7,9 milhões e segundas doses, 4,6 milhões.

Últimas