Coronavírus

São Paulo SP tem 32 casos de contaminação por variantes do coronavírus

SP tem 32 casos de contaminação por variantes do coronavírus

Há 25 casos da cepa de Manaus e outros sete casos da linhagem britânica registrados na capital e no interior do estado

  • São Paulo | Marcos Rosendo, da Agência Record

Em Araraquara, no interior de SP, lockdown começou após confirmação de casos de nova cepa

Em Araraquara, no interior de SP, lockdown começou após confirmação de casos de nova cepa

LUCIANO CLAUDINO / CÓDIGO19 / ESTADÃO CONTEÚDO - 15.02.2021

O estado de São Paulo tem 32 casos de contaminação por variantes do coronavírus, segundo informou a Secretaria Estadual de Saúde nesta segunda-feira (15). São 25 casos da variante de Manaus e outros sete casos da linhagem britânica.

No interior, foram registrados 12 casos de contaminação pela cepa de Manaus em Araraquara, três em Jaú, e um em Águas de Lindóia. Na capital, foram nove casos - oito de residentes da cidade e um de morador de Manaus. 

Houve também sete casos da variante britânica, sendo cinco da capital e dois de Sorocaba. 

Dois dos casos registrados na capital já haviam sido detectados no início do ano. Os outros dois foram comunicados ao município na tarde desta segunda-feira (15). De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, os dois últimos pacientes disseram que não se deslocaram nem tiveram contato com ninguém de fora do Brasil. O rastreamento dos contatos das duas pessoas será intensificado.

A confirmação das novas variantes foi obtida por sequenciamento genético, e também por meio de investigação epidemiológica dos casos, a partir das informações das viagens realizadas pelos contaminados e os contatos com outras pessoas.

Os cientistas ainda não tiveram nenhum indicativo claro de que as nova variantes sejam mais transmissíveis, nem que provoquem um quadro mais greve na saúde do infectado. Também não há evidencias de que as cepas sejam mais resistentes às vacinas disponíveis.

As medidas de combate são as mesmas:  uso de máscara, higienização das mãos com água e sabão ou álcool em gel, distanciamento social e vacinação.

Últimas