Coronavírus

São Paulo SP tem estoque para vacinar contra covid-19 quem tem 32 anos ou mais

SP tem estoque para vacinar contra covid-19 quem tem 32 anos ou mais

Nesta sexta-feira (16), será a vez de moradores com 35 anos. Público de 34 anos receberá 1ª dose na 2ª, 33 na 3ª e 32 anos na 4ª

  • São Paulo | Joyce Ribeiro, do R7

Cidade de SP tem estoque para vacinar até 32 anos, confirma prefeito Ricardo Nunes

Cidade de SP tem estoque para vacinar até 32 anos, confirma prefeito Ricardo Nunes

Albert Gea/Reuters - 6.7.2021

O prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB), afirmou que a cidade tem estoque de vacinas contra a covid-19 para aplicar a primeira dose em moradores de até 32 anos. Nesta quinta-feira (15) teve início a vacinação para pessoas de 36 anos na capital.

"Recebemos um lote de vacinas e teremos 34 anos na segunda-feira, 33 anos na terça e 32 anos na quarta. Já temos esse estoque de vacina. Ainda bem que caminhamos para poder vacinar todo mundo. Até o mês que vem conclui a vacinação das pessoas com até 18 anos. Aí vai um novo ciclo de 12 a 17 anos", garantiu o prefeito.

Nesta sexta-feira (16), será a vez de vacinar moradores da capital com 35 anos. No sábado (17), as unidades de saúde vão oferecer o imunizante na repescagem para 35 a 37 anos e a segunda dose de todos os grupos elegíveis.

Na segunda-feira (19) será então aplicada a primeira dose na população de 34 anos, na terça (20) para 33 anos, e na quarta (21) para 32 anos. A repescagem para 32 a 34 anos e a segunda dose serão oferecidas entre quinta (22) e sábado (24). O público estimado, entre os três grupos, é de 435.557 pessoas.

A partir de segunda, a imunização será realizada nos drive-thrus, megapostos e farmácias das 8h às 17h. Nas UBSs (Unidades Básicas de Saúde) e AMAs/UBSs Integradas, o funcionamento é das 7h às 19h.

Até esta quarta-feira, mais de 8,2 milhões de vacinas já foram aplicadas na cidade de São Paulo, entre primeira e segunda doses.

Em coletiva, o prefeito negou que faltem doses da CoronaVac. "Temos quase 700 postos na cidade, eventualmente, você pode ter uma unidade ou outra que vá mais pessoas do que o número de doses, mas é uma situação pontual. Daí você pega de um posto ou UBS e faz a troca", disse.

Segundo Ricardo Nunes, é importante que as pessoas consultem o site conhecido como "filômetro" antes de se dirigir a um posto. Ele voltou a lembrar que é um erro ficar escolhendo o fabricante da vacina, já que todas são eficazes contra o coronavírus. 

Documentos

Na hora da vacinação, o cidadão deve apresentar um comprovante de residência na capital, além de documentos pessoais, preferencialmente CPF (Cadastro de Pessoas Físicas) e cartão do SUS (Sistema Único de Saúde), se tiver.

O comprovante de endereço pode ser apresentado de forma física ou digital. Se não houver no próprio nome, serão aceitos comprovantes em nome do cônjuge, companheiro, pais e filhos, desde que comprovado o parentesco ou estado civil, com RG, certidão de nascimento ou casamento ou escritura de união estável.

Últimas