São Paulo SP terá mesmo número de idosos e adolescentes em 2034, diz estudo

SP terá mesmo número de idosos e adolescentes em 2034, diz estudo

Levantamento de fundação do Governo de São Paulo aponta que número de jovens até 15 anos está estabilizado e população idosa está crescendo

População idosa está crescendo em São Paulo

População idosa está crescendo em São Paulo

Pixabay

Um levantamento da Fundação Seade (Sistema Estadual de Análise de Dados), do Governo de São Paulo, indica que em 2034 a população com mais de 65 anos deve ser a mesma que a de jovens de até 15 anos no Estado. A maior parcela da população paulista seguirá sendo de pessoas entre 15 e 64 anos.

De acordo com o estudo, a população jovem chegou a uma estabilidade após anos de crescimento desde o começo deste século. A expectativa é que permaneça na faixa de 30 milhões de pessoas até 2040.

Veja também: Polícia prende integrante de quadrilha que aplica golpes em idosos em SP

Já o número de pessoas com mais de 65 anos, ainda conforme a Fundação Seade, vai crescer 3,7 vezes e quase quadruplicar no Estado de São Paulo até 2050. Com isso, a fundação aponta que a idade média da população também deve aumentar nas próximas décadas.

Nos anos 2000, era de 30 anos, e atualmente em 36 anos a média de idade em São Paulo. O levantamente prevê que em 2050 chegue a 44 anos.

“Isso se deve a principalmente a dois fatores, um é a redução na taxa de fecundidade, e o outro é uma redução no risco de morte. A população tem vivido mais”, disse a demógrafa e gerente de Demografia do Seade, Bernadette Waldvogel.

A expectativa, ainda de acordo com o levantamente, é que até 2050 o número de pessoas em São Paulo cresça 6%, passando de 44,6 para 47,2 milhões.

Segunda a Fundação Seade, essa pesquisa é importante para definir políticas públicas destinadas para cada faixa etária da população.

Últimas