Novo Coronavírus

São Paulo SP ultrapassa 11 mil em leitos UTI covid e supera projeção do governo

SP ultrapassa 11 mil em leitos UTI covid e supera projeção do governo

Centro de Contingência havia projetado 11 mil internações como limite para novo aumento de casos de covid-19 no estado

  • São Paulo | Do R7

São Paulo chega a 11.189 pacientes internados com covid-19 em UTIs

São Paulo chega a 11.189 pacientes internados com covid-19 em UTIs

Reprodução/Record TV

O estado de São Paulo registrou 11.189 pacientes internados com covid-19 em unidades de terapia intensiva e 13.358 em enfermarias. No total, o estado soma 24.547 internados. O número, confirmado pela Secretaria Estadual de Saúde, supera a previsão dada pelo Comitê de Gerenciamento de Covid-19 do governo paulista para um eventual novo aumento da pandemia.

Nas últimas 24 horas, foram registrados 8.022 novos casos e 767 novos óbitos. A taxa de ocupação dos leitos de UTI no estado é de 82,1% e na Grande São Paulo é de 79,4%. Entre o total de casos, 3.048.550 tiveram a doença e já estão recuperados, sendo que 355.922 foram internados e receberam alta hospitalar.

Em coletiva de imprensa do governo estadual realizada no dia 19 de maio, o coordenador executivo do Centro de Contingenciamento de Covid-19, João Gabbardo, afirmou que a previsão era de que o estado convivesse com uma situação de esta estabilidade e um possível aumento de números nas próximas quatro semanas subsequentes

"Temos hoje em torno de 12 mil pessoas internadas nas enfermarias. No pico, na pior fase, tínhamos 18 mil pessoas internadas nas enfermarias. É possível que dentro das próximas duas, três, até no máximo quatro semanas tenhamos 13 mil pessoas internadas", afirmou. "Temos a previsão de um pequeno aumento, mas não vai chegar nem próximo da fase mais dura de enfrentamento da pandemia em São Paulo."

Em relação aos leitos de UTI Covid, Gabbardo afirmou que, naquele perído, havia em torno de 10 mil pessoas internadas em leitos de UTI. "Nós tivemos no período mais dramático perto de 13 mil pessoas internadas em leitos de UTI. Estamos projetando chegar a 11 mil pessoas internadas, então estamos projetando um aumento que não vai chegar perto do que tivemos anteriormente."

"Quando tinhamos 13 mil pessoas internadas tinhamos leitos suficientes para atender a população, chegamos a 92%", disse ele. Segundo o médico, na ocasião, a média móvel de mortes estava em 500 óbitos. No período mais dramático de enfrentamento da covid-19, o estado chegou na média de 850 óbitos na média móvel. A expectativa, segundo ele, era de se chegar a média móvel de 600 óbitos até nas próximas quatro semanas. 

Últimas