Coronavírus

São Paulo SP vacina adolescentes e aplica 3ª dose em idosos acima de 85 anos

SP vacina adolescentes e aplica 3ª dose em idosos acima de 85 anos

Menores de 18 anos recebem o imunizante da Pfizer. Dose extra só é aplicada em quem completou esquema vacinal há 6 meses

SP vacina adolescentes e idosos com a dose de reforço nesta quarta-feira (15)

SP vacina adolescentes e idosos com a dose de reforço nesta quarta-feira (15)

Pixabay - 27.06.2021

A cidade de São Paulo segue aplicando a primeira dose da vacina contra a covid-19 em adolescentes de 12 a 17 anos nesta quarta-feira (15). Os idosos, com mais de 85 anos, também já podem procurar as unidades de saúde para receberem a dose de reforço. 

Para os adolescentes, é aplicado exclusivamente o imunizante da Pfizer, único autorizado pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) em pessoas com menos de 18 anos. O jovem deve estar acompanhado dos pais ou de um responsável.

Já os idosos com mais de 85 anos, só podem receber a dose de reforço se tiverem completado ao menos seis meses que receberam a segunda dose, ou a vacina de dose única.

Postos de vacinação

A primeira, segunda e a dose adicional são oferecidas das 8h às 17h nos megapostos, drive-thrus e farmácias parceiras e das 7h às 19h em UBSs (Unidades Básicas de Saúde) e AMAs/UBSs Integradas.

Filômetro e pré-cadastro

O site De Olho na Fila ajuda a evitar aglomerações ao exibir a movimentação de pessoas nas unidades. A ferramenta também informa quais vacinas estão disponíveis para aplicação D2.

Além disso, fazer o preenchimento do pré-cadastro no site Vacina Já agiliza o tempo de atendimento no posto de vacinação.

Segunda dose AstraZeneca

O imunizante AstraZeneca está em falta em quase todos os postos da capital paulista desde quinta-feira (9). Com isso, muitas pessoas ficaram com a segunda dose atrasada.

A prefeitura de São Paulo tomou uma medida emergencial e, iniciou nesta segunda-feira (12), a aplicação do imunizante da Pfizer em quem está com a segunda dose atrasada por conta da falta da AstraZeneca. Essa medida vai até a próxima quarta-feira (15).

Últimas