Coronavírus

São Paulo SP vai investir R$ 520 milhões em setores impactados pela covid-19

SP vai investir R$ 520 milhões em setores impactados pela covid-19

Haverá um microcrédito de R$ 100 milhões para empreendedores formais negativados devido à pandemia, incentivando a retomada

  • São Paulo | Do R7

Anúncio foi feito nesta quarta-feira (15)

Anúncio foi feito nesta quarta-feira (15)

Governo do Estado de São Paulo

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou nesta quarta-feira (15) o investimento de R$ 520 milhões para setores impactados pela pandemia de covid-19, sobretudo o de serviços, para a retomada econômica pós-crise.

Do valor total, segundo informou a secretária de Desenvolvimento Econômico, Patrícia Ellen, R$ 300 milhões serão destinados a ações de competitividade dos empreendedores, qualificação profissional e de trabalho, empreendedorismo e em ciência, tecnologia e inovação.

Haverá também a chamada "Linha Nome Limpo", um microcrédito de R$ 100 milhões para empreendedores formais que ficaram negativados devido à pandemia, incentivando a retomada de pequenos negócios.

“A economia nesse processo de retomada é importante que não cresçam só as grandes empresas e a indústria, mas pequenas e micro empresas do setor de serviços crescendo também. São Paulo está retomando bem, deve crescer entre 7% e 8% esse ano”, disse Henrique Meirelles, responsável pela pasta da Fazenda e Planejamento, na coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes.

O governo também informou o investimento de outros R$ 100 milhões para o programa Bolsa Empreendedor, que oferecerá um auxílio de R$ 1.000 a 100 mil empreendedores do estado, com o objetivo de auxílio para que os interessados formalizem suas empresas e invistam em qualificação profissional. As inscrições podem ser feitas no Portal do Bolsa do Povo, de 10 a 19 de setembro.

O recurso terá como prioridade populações mais afetadas na pandemia, como mulheres, jovens, pretos e pardos, indígenas e PcDs (pessoas com deficiências). A gestão não especificou se esses R$ 100 milhões farão parte do investimento de R$ 520 milhões.

O primeiro evento de anúncio desses programas acontecerá na próxima sexta-feira (17), em Campinas (SP).

Redução de ICMS para bares e restaurantes

Mais cedos, Doria habia anunciado a redução para 3,2% do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) ao setor de bares e restaurantes. De acordo com o governo paulista, a medida, que representa uma renúncia fiscal de R$ 126 milhões pelo estado, visa o benefício para 250 mil empresas, que poderão ter economia de até 15% nos custos.

"Vamos impulsionar a recuperação desse segmento fortemente afetado pela pandemia", afirmou Doria.

Últimas