São Paulo SP: Violações de trabalho aumentam 70% contra pessoas com deficiência

SP: Violações de trabalho aumentam 70% contra pessoas com deficiência

Número refere-se aos dados dos últimos 5 anos, e corresponde às regiões de atuação do MPT em São Paulo: capital paulista, Grande ABC e Baixada Santista

O MPT-SP recebeu 1.561 denúncias em cinco anos

O MPT-SP recebeu 1.561 denúncias em cinco anos

Divulgação/Pixabay

O MPT (Ministério Público do Trabalho) em São Paulo recebeu 1.561 denúncias de violações de direitos trabalhistas de pessoas com deficiência nos últimos cinco anos. O número representa um aumento de 70% em relação aos cinco anos anteriores a julho de 2015, quando houve 882 denúncias.

Segundo o órgão, a maior parte das violações (813) registradas nestes cinco anos correspondem ao não cumprimento da cota para pessoas com deficiência.

Veja também: Pessoas com deficiência relatam isolamento bem antes da pandemia

Outras 249 denúncias eram sobre a adaptação e a acessibilidade ao ambiente do trabalho. Ainda houve 171 denúncias – cerca de 9% do total – que tratavam de discriminação contra a pessoa com deficiência ou reabilitada.

Estes dados referem-se às regiões de atuação do MPT em São Paulo, que são a capital paulista, o Grande ABC e a Baixada Santista.

Ao todo, nesses cinco anos, o MPT ajuizou 147 ações civis e firmou 134 temos de ajuste de conta relacionados à inclusão de pessoas com deficiência.

Últimas