São Paulo Suspeito de matar maquiador é preso um mês após o crime

Suspeito de matar maquiador é preso um mês após o crime

Em depoimento à polícia, no entanto, preso negou o crime. Assassinato, ocorrido a 50 m da casa da vítima, foi gravado

  • São Paulo | Do R7

Patrick, maquiador assassinado

Patrick, maquiador assassinado

Reprodução/Record TV

Um homem suspeito de matar um maquiador de 19 anos e de praticar assaltos na zona sul de São Paulo foi preso em São Paulo.

Em depoimento à polícia, o preso negou o crime. O assassinato foi gravado por câmeras de vigilância. A vítima voltava pra casa com uma amiga quando, a 50 metros  de casa , eles foram abordados pelo assaltante. Patrick reagiu  e tentou pegar  a arma. Eles entraram em luta corporal. O suspeito  atirou e os dois caíram. O assaltante se levantou e disparou  mais uma vez , fugindo sem levar nada.

A prisão ocorreu no último fim de semana, horas após mais um assalto a 1 km de onde Patrick foi morto. desta vez as vítimas foram duas mulheres. uma delas levou um tiro no ombro, depois que elas falarem que não tinham celular.

Para tentar despistar a polícia, ele fez uma falsa queixa de roubo da moto que tinha acabado de usar  no crime. A Polícia Militar prendeu o suspeito em flagrante. Segundo o delegado, ele foi reconhecido por vítimas dos dois crimes.

A PM diz que ele é suspeito de cometer pelo menos outros quatro roubos na mesma regiao. um mês depois de um assalto  ele foi perseguido numa fuga, mas o PM perdeu o controle da direção e a viatura bateu num poste.

“Eu só ajoelhei no chão e agradeci a deus. Porque é o que eu tenho feito durante esse mês todo. dia após dia é o que eu tenho pedido ao senhor, justiça. Graças a deus, deus ouviu minhas preces e hoje ele está atrás das grades e que permaneça lá”, disse a mãe da vítima, Rosa Prates, um mês após a morte do filho.

Últimas