Suspensas as sessões da Assembléia de SP por tempo indeterminado

Em nota, o presidente da Alesp, o deputado Cauê Macris (PSDB) informou que as atividades administrativas da instituição não sofrerão interrupção

Sessões serão suspensas a partir da próxima segunda-feira (23)

Sessões serão suspensas a partir da próxima segunda-feira (23)

Edu Garcia / R7

A Alesp (Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo) decidiu suspender as sessões a partir da próxima segunda-feira (23), por tempo indeterminado, em decisão toma nesta terça-feira (17). A medida foi adquirida por causa do avanço do coronavírus. O recesso parlamentar do mês de julho deverá ser adiado para compensar essa paralisação. Também estão interrompidos os eventos coletivos e as visitas públicas.

Leia também: Coronavírus: Câmara de SP mudará funcionamento para evitar contágio

Os parlamentares com idade superior a 60 anos, ou que estejam em grupo de risco, estão desobrigados de participar das atividades parlamentares. Servidores que se enquadrem neste perfil poderão realizar trabalho afastado.

Em nota, o presidente da Alesp, o deputado Cauê Macris (PSDB) informou que as atividades administrativas da instituição não sofrerão interrupção.

Leia também: Hospital onde homem morreu por covid-19 tem 4 óbitos investigados

"Acompanhamos diariamente a questão da covid-19 junto com a autoridade de Saúde. Não há motivo para pânico, mas temos a responsabilidade de adotar, neste momento, medidas para reduzir o fluxo e pessoas na sede do Poder Legislativo e preservar a saúde das pessoas", disse.