São Paulo Suspenso desde dezembro, rodízio de carros volta nesta segunda em SP

Suspenso desde dezembro, rodízio de carros volta nesta segunda em SP

A retomada da restrição tem de ser feita por causa do fim das férias escolares e do aumento do fluxo de veículos, segundo a prefeitura 

Rodízio de veículos em SP

Motoristas enfrentam congestionamento na região central nesta segunda-feira

Motoristas enfrentam congestionamento na região central nesta segunda-feira

Nelson Antoine/Estadão Conteúdo

O rodízio de veículos em São Paulo será retomado nesta segunda-feira (14), dia em que a restrição deve ser obedecida por carros com placas com o final 1 e 2.

O rodízio, que estava suspenso desde 21 de dezembro, é válido para dias úteis em dois períodos: das 7h às 10h e das 17h às 20h.

Segundo a Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes, a retomada da restrição tem de ser feita por causa do fim das férias escolares e do aumento do fluxo de veículos na capital.

Nos períodos em que o rodízio está ativo, a circulação de veículos no Centro Expandido é proibida. Fazem parte da área de restrição o Mini Anel Viário, formado pelas marginais Tietê e Pinheiros, avenidas dos Bandeirantes e Afonso D'Esccragnole Taunay, Complexo Viário Maria Maluf, avenidas Tancredo Neves e Juntas Provisórias, Viaduto Grande São Paulo e avenidas Professor Luís Inácio de Anhaia Melo e Salim Farah Maluf.

Veja também: Alto nível de poluição faz Paris adotar rodízio de carros de 24 horas

Para cada dia útil, dois finais de placa devem obedecer a restrição para circulação no trecho. Às segundas, a regra vale para final 1 e 2. Às terças, 3 e 4; às quartas, 5 e 6; às quintas, 7 e 8, e, às sextas, 9 e 0.

Transitar pela área nos horários proibidos é infração média, conforme o Código de Trânsito Brasileiro, com multa de R$ 130,16 e são somados quatro pontos da CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

    Access log